DEPOIMENTO DE ANA WALESKA – 1º LUGAR DIREITO

Olá pessoal, meu nome é Waleska, tenho 24 anos e fui aprovada para o CFO de 2019, na especialidade de direito!

Talvez meu depoimento seja um pouco diferente do que se está acostumado por aí, no final vocês entenderão.

Tentei a prova por duas vezes.

A primeira em 2017. No começo desse ano, ainda na faculdade, sabia que em 2018 estaria casada com um militar que servia em Salvador.  A prova da EsFCEx ia cair como uma luva para mim, ia ter uma ocupação, a movimentação com o meu marido ia ser mais fácil e de quebra ia afastar a solidão de estar longe da minha família (sou de Maceió-Al). Então desde o começo do ano comecei a me preparar, fui pesquisar cursinhos, achei dois interessantes, mas achei o CURSO CIDADE mais profissional e com tudo prontinho pra mim. Coloquei a faculdade e o TCC um pouco de lado para me dedicar aos estudos do concurso. E assim o fiz com afinco até setembro. Fui para a prova apreensiva, meu futuro ia mudar totalmente e essa aprovação seria uma certeza naquele momento que eu ia pro desconhecido. Sai da prova bem otimista, e olhe que não sou disso, mas quando saiu o resultado, tinha ficado em 90. Foi um baque.

Me casei, mudei de cidade e ainda começando a me acostumar com a nova vida voltei aos estudos. Já havia saído às vagas para a EsFCEx, 4 vagas, poucas, e diferentemente de concursos civis, eles chamam aquela quantidade de vagas e pronto. Queria um concurso com mais vagas, mais possibilidades de aprovação, mas não aparecia nenhum. Fiz a prova da Aeronáutica, por décimos não tive minha redação corrigida. Senti que avançava nos estudos. E nada de aparecer concursos na minha área. Então resolvi que iria estudar de novo pra EsFCEx, afinal só tinha ele. Novamente comprei o cursinho do Cidade, dessa vez só as matérias que tinha dificuldade, afinal o orçamento estava mais apertado, o que acho que todo concurseiro passa, não é? Mas estava desanimada com a quantidade de vagas.  No meio desse estudo abriu o concurso do MPU, onde estagiei durante toda a faculdade, queria muito voltar pra lá, a quantidade de vagas era bem melhor. Conciliei os dois estudos, mas com o coração palpitando pelo MPU.

Chegou o dia da prova da EsFCEx, fui fazer apenas porque já tinha pago e me dedicado, mas não queria mais aquilo e também não achei que seria possível. Meu marido até notou: “Você não está nem nervosa.” Fiz a prova com calma dessa vez, achei ela ainda mais complicada, mas estava tranquila, fazendo com calma, indo e voltando naquela prova. Fui embora sem expectativas. Minha mãe me liga e diz que fiz uma prova boa, que ela estava sentindo enquanto rezava por mim. Dei de ombros, afinal ela não tinha visto o nível daquela prova hahaha.

Eis que sai o gabarito da prova, eu tinha ido muuuito bem, em alguns rankings eu estava em primeiro lugar!!!! Fiquei chocada, sem acreditar, maravilhada. Passar nessa prova mudaria totalmente o rumo da minha casa, meu marido havia sido transferido pro Acre. Mas o resultado final só sairia daqui a alguns meses. Imagina a apreensão desta casa!!!!

Saiu o resultado, eu tinha passado em primeiro lugar!!!!!!! Eu não conseguia acreditar, pulava na cama, chorava, ligava pra mil pessoas. Era uma felicidade que não cabia em mim.

Me alonguei contando minha história, mas agora vão as dicas que eu considero importantes.

Estude, estude sempre, mesmo sem ter pra que estudar. Faça planos, mas nem sempre o seu caminho se guiará por eles. Deus sabe de todas as coisas. Me sinto muito mais feliz com essa aprovação de hoje, do que estaria em momentos passados.

Não perca oportunidades de provas, a sua hora vai chegar, mas pra isso você precisa estar jogando.

Estude com materiais direcionados, não fique devaneando, veja o perfil da prova.

A prova física foi tão difícil quanto a intelectual, não deixe de treinar. Não fique sedentária como eu estava haha.

E o meu diferencial sempre foi questões, minha revisão sempre foi por questões, eu zerei aquele famoso site de questões de concurso inúmeras vezes haha.

Por fim, gostaria de agradecer o CURSO CIDADE. Apesar de ninguém me conhecer, sempre fui tratada muito bem, sempre me atenderam com presteza e carinho. Os professores pareciam amigos que eu tinha hora marcada. E uma vez liguei para o curso e quem me atendeu foi o dono do curso que é o Prof Cidade, aí eu te pergunto: quantos cursos por aí você tem esse privilégio de ter seus problemas resolvidos pelo maior interessado do serviço? Sou muito grata a vocês.

Não fiz aqui agradecimentos a familiares e amigos, porque isso faço juntinho deles. Não abra mão deles, não precisa ser a louca dos estudos. Trabalho e estudos são importantes, mas não é a coisa mais importante que você tem. Saiba dosar.

Um beijo a todos e estudem pra vocês saberem como é bom esse gostinho da aprovação.

DEPOIMENTO DE ANA WALESKA – 1º LUGAR DIREITO