Mas afinal, o que é um Oficial Temporário da Marinha do Brasil?

Os Oficiais Temporários são conhecidos como RM2, ingressam nas Forças Armadas por meio de um processo seletivo chamado de Serviço Militar Voluntário (SMV), composto por prova escrita objetiva, prova de títulos, exames médicos e teste de aptidão física (TAF).

 

Tem um período máximo que poderei ficar como Oficial Temporário?

Sim, o tempo de serviço na Força é limitado em no máximo 8 anos, podendo ser interrompido pelo Oficial a hora que desejar.

Quais são as fases do concurso?

São sete etapas:

1ª Etapa: Prova Objetiva (PO) – eliminatória e classificatória, com 50 questões objetivas, sendo 25 de Português e 25 de Formação Militar-Naval. Serão classificados para a segunda etapa as maiores notas, até o limite correspondente a 03 (três) vezes o número de vagas estabelecidas, considerando-se os empates na última posição.

2ª Etapa: Verificação de Dados Biográficos (VDB) e Verificação Documental- eliminatória;

3ª Etapa: Prova de Títulos (PT) – classificatória;

3ª Etapa: Inspeção de Saúde (IS) – eliminatória;

5ª Etapa: Teste de Aptidão Física (TAF) – eliminatória;

6ª Etapa: Designação à incorporação; e

7ª Etapa: Incorporação.

Como é a carreira de um Oficial Temporário da Marinha do Brasil?

Ao ingressarem na Marinha do Brasil, os RM2 são incorporados com o posto de Guardas-Marinha, realizando um curso de Formação Militar pelo período de 45 dias.

Ao término do curso, os Oficiais são movimentados para trabalharem em Organizações Militares do Distrito Naval que fizeram o curso.

Após 6 meses como Guardas-Marinha, são nomeados Segundos-Tenentes e com mais 6 meses de trabalho são promovidos a Primeiros-Tenentes, posto que ocuparão pelo restante dos 8 anos.

Confira a imagem abaixo para entender melhor como é a carreira do Oficial Temporário da Marinha do Brasil.

Quais são os assuntos cobrados na prova?

Vejam a remuneração bruta que vocês receberão como Oficiais RM2 em 2019: