Dúvidas

mais frequentes dos Candidato ao QCO

gincana 264

Ten Viviane – Vice Pres Rep

Resposta: As inscrições somente poderão ser realizadas por intermédio do site www.esfcex.ensino.eb.br/esfcex. Todas as demais informações relativas ao processo de inscrição poderão ser obtidas no Edital do Concurso de Admissão que é publicado anualmente, neste site, no início do mês de junho. O Edital estabelece o número de vagas por área e as condições de acesso para cada uma delas, tais como, nível de graduação, especificidades do diploma, entre outras.

Resposta: Não, o candidato deve ter concluído com aproveitamento, em instituição de ensino superior, o curso de graduação em área ou subárea de atividade objeto do concurso, que o habilite ao exercício da profissão, e estar registrado no órgão fiscalizador da profissão a que concorre, quando existir. Para a comprovação destes requisitos, por ocasião da matrícula, serão exigidos o diploma do curso de graduação na profissão para a qual se inscreveu, oficialmente reconhecido e devidamente registrado, e o registro profissional expedido pelo órgão fiscalizador da profissão, quando existir. O curso e a instituição de ensino superior devem ser reconhecidos e credenciados oficialmente pelo Ministério da Educação, na forma da legislação federal que regula a matéria.

Resposta: Sim. O candidato deve possuir no máximo 36 (trinta e seis) anos, referenciados a 31 de dezembro do ano de sua matrícula. CLIQUE AQUI e confira a Lei 12.705 de 8 AGO 12.

Resposta: Não, porém, para a matrícula, é necessário estar registrado no órgão fiscalizador da profissão a que concorre, quando existir. Para a comprovação deste requisito, por ocasião da efetivação da matrícula, será exigido o registro profissional expedido pelo órgão fiscalizador da profissão.

Os bacharéis de Direito que exercerem cargos ou funções incompatíveis com a advocacia, estando vedada sua inscrição na Ordem, deverão apresentar o certificado de aprovação no Exame de Ordem para Admissão no Quadro de Advogados, assinado pelo Presidente do Conselho Seccional ou da Subseção delegada e pelo presidente da banca examinadora da Ordem dos Advogados do Brasil.

Resposta: O candidato casado pode fazer o curso. A EsFCEx oferece alojamento somente para o aluno. A família não tem direito a alojamento.

Resposta: A Relação de Assuntos e a Bibliografia do concurso estão disponíveis neste site, no menu CONCURSOS CFO. Ou Clik aqui!

Resposta: O candidato, ao ser matriculado na EsFCEx, passa a receber o vencimento equivalente ao posto de 1º tenente, ou seja, aproximadamente R$ 7.000,00 brutos. Após a conclusão do curso ele é declarado oficial no posto de 1º tenente e continuará recebendo o mesmo valor até ser promovido ao posto de capitão.

Resposta: As causas de incapacidade física são as previstas pelas Normas para Avaliação da Incapacidade decorrente de Doenças Especificadas em Lei pelas Juntas de Inspeção de Saúde da Marinha, do Exército, da Aeronáutica e do Hospital das Forças Armadas (Portaria do Ministro da Defesa no 1.174, de 06 Set 06) e pelas Normas para Inspeção de Saúde dos Candidatos à Matrícula nos Estabelecimentos de Ensino Subordinados ao DECEx e nas Organizações Militares que recebem Orientação Técnico-Pedagógica, aprovadas pela Portaria no 014-DECEx, de 09 Mar 10, e alteradas pela Portaria nº 025-DECEx, de 26 Abr 10. Tais causas de incapacidade estão disponibilizadas neste site, no menu CONCURSOS CFO.

Resposta: A EsFCEx fornece, para download em seu site, as provas, por área e subárea, das três últimas edições do Concurso de Admissão. Este Estabelecimento de Ensino não fornece qualquer tipo de apostila de preparação nem mantém qualquer vínculo com cursos preparatórios ou estabelecimentos de ensino para quaisquer finalidades. Faça download da Provas Anteriores aqui!

Resposta: O concludente do CFO/QC, ao final do curso, escolhe o local onde irá servir, dentre as organizações militares oferecidas pelo Exército, de acordo com a sua classificação dentro de sua especialidade, podendo ser designado para atividades diferentes das inerentes à sua especialização, bem como ser movimentado para outras sedes, conforme o que prescreve o Regulamento de Movimentação para Oficiais e Praças do Exército (R-50). Não existe, portanto, qualquer compromisso ou mesmo previsão de que o candidato, ao término do curso ou ao longo de sua carreira, possa retornar à sua cidade de origem.

Resposta: A carreira do Oficial do Quadro Complementar inicia-se no posto de 1º tenente e prossegue com as promoções a capitão (após o interstício de 62 meses), major (após o interstício de 86 meses), tenente-coronel (após o interstício de 54 meses),  e coronel (após o interstício de 30 meses), sendo este o último posto da carreira.

Resposta: As inscrições, normalmente têm início em meados de junho.

Resposta: O curso tem duração aproximada de 8 meses, com início em março e término em novembro.

Resposta: Os requisitos exigidos para a inscrição no Concurso de Admissão e posterior matrícula no Curso de Formação de Oficiais do Quadro Complementar estão definidos no Edital, disponível neste site, no menu CONCURSOS CFO.

Resposta: Normalmente sim. Os funcionários públicos são amparados por regimes jurídicos específicos, enquanto os militares de carreira das Forças Armadas encontram amparo no Estatuto dos Militares e regulamentação interna de cada Força.

Resposta: Sim. O candidato deverá preencher o requerimento existente no site, respeitadas as condições legais que regula a matéria, por ocasião do período de inscrições e durante o prazo estabelecido no Calendário Anual do Concurso de Admissão. Deve, então, aguardar o deferimento ou não deste requerimento após verificação da veracidade dos dados junto ao Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDSCF). O MDSCF normalmente efetua novos cadastramentos no prazo de, aproximadamente, 45 dias, portanto, deve-se ter o cuidado de já possuir o NIS na data de abertura das inscrições.

Resposta: Não, conforme consulta feita ao MEC, o contratante tem autonomia para decidir a qualificação do servidor que busca. E neste concurso, conforme previsto no edital os títulos exigidos são de formação específica em licenciatura para as áreas do Magistério, ou bacharelado para as demais áreas.

2018-01-12T15:08:37+00:00

260 Comentários

  1. Sou Tecnólogo em Radiologia e fiz Complementação Pedagógica em Ciências Biológica, hoje possuo o Certificado de Docente em Ciências Biológicas equivalente à Licenciatura Plena conforme a RESOLUÇÃO Nº 2, DE 26 DE JUNHO DE 1997. Essas condições me possibilita a prestar o concurso CFO/QCO para o magistério em Ciências Biológicas?

    • Equipe IIC 25/03/2015 at 9:11 pm - Responder

      Prezado Geremias,
      Conforme consulta feita ao MEC, o contratante tem autonomia para decidir a qualificação do servidor que busca. E no concurso para ingresso na EsFCEx, conforme previsto no edital os títulos exigidos são de formação específica em licenciatura para as áreas do Magistério, ou bacharelado para as demais áreas. Sendo assim, infelizmente as condições atuais não le possibilita a prestar esse concurso.

  2. Nataniel da Silva Dantas 19/04/2015 at 1:06 pm - Responder

    Boa Tarde estou me formando no Tecnólogo de Gestão da Produção Industrial minha pergunta é com minha formação é possível realizar as provas para o QEM/QCO e quais opções de cargo meu curso se enquadraria. desde já agradeço.

    • Equipe IIC 24/04/2015 at 9:41 pm - Responder

      Caro NATANAEL,
      Para concorrer a uma vaga na EsFCEx, o candidato precisa ter concluído com aproveitamento, em instituição de ensino superior, o curso de graduação com o título de bacharel na área de atividade objeto do concurso.

  3. Tiago 22/04/2015 at 12:03 pm - Responder

    A pessoa com tecnólogo em Gestão de Recursos Humanos, tendo registro no Órgão fiscalizador (CRA), está apta a prestar esse concurso na área de Administração?

    • Equipe IIC 24/04/2015 at 9:40 pm - Responder

      Oi TIAGO,
      O candidato precisa ter concluído com aproveitamento, em instituição de ensino superior, o curso de graduação com o título de bacharel na área de atividade objeto do concurso.

      PREVISÃO DE DATAS PARA AS PRÓXIMAS ETAPAS

      – Publicação do edital no DOU e no site da EsFCEx (www.esfcex.ensino.eb.br)
      Previsto para o início de junho de 2015.

      – Período de Inscrição.
      Previsto para acontecer entre os dias 9 de junho e 7 de agosto de 2015.

      – Exame Intelectual.
      Previsto para o dia 13 de setembro de 2015.

      REQUISITOS BÁSICOS PARA INSCRIÇÃO NO CFO/QC

      – ser brasileiro nato;
      – possuir no máximo 36 anos, referenciados a 31 de dezembro do ano da matrícula no curso, e
      – ter concluído com aproveitamento, em instituição de ensino superior, o curso de graduação com o título de bacharel na área de atividade objeto do concurso.

      REQUISITOS BÁSICOS PARA INSCRIÇÃO NO EIA/QCM

      – ser brasileiro nato;
      – possuir idade de, no mínimo 30 (trinta) anos e máximo 40 (quarenta) anos, completados até a data do término do EIA/QCM 2016;
      – ter concluído com aproveitamento, curso de formação teológica regular, de nível superior, conforme documento expedido por instituição de ensino e reconhecido pela autoridade eclesiástica de sua religião; e
      – ter sido ordenado sacerdote católico apostólico romano ou consagrado como pastor evangélico.

      Para maiores informações:
      http:///wwww.esfcex.ensino.eb.br e acesse o link: Concursos CFO.

  4. François 22/04/2015 at 1:11 pm - Responder

    Meu Nome é François estou fazendo Analise e desevolvimento de sistema isso corresponde a qual guadro de formação?

    • Equipe IIC 24/04/2015 at 9:37 pm - Responder

      François, Analise e desenvolvimento de sistema corresponde a Informática!

      • Mylena 23/09/2018 at 12:08 am - Responder

        Estou cursando Ciências da computação, ela se enquadra na vaga de informática?

        • Curso Cidade 25/09/2018 at 4:00 pm - Responder

          Sim, todos os cursos da área de TI são aceitos.
          Att,
          Equipe Cidade

  5. douglas 27/04/2015 at 2:06 am - Responder

    Existe alguma restrição no fato de o candidato possuir tatuagem? Procurei no estatuto e não localizei nada…

    • Equipe IIC 28/04/2015 at 1:13 pm - Responder

      Caro DOUGLAS,
      A existência de tatuagem não se configura condição impeditiva para ingresso no Exército, porém não convém que a mesma esteja localizada em áreas aparentes com o uso dos uniformes militares, bem como faça alusão à ideologia terrorista ou extremista contrária às instituições democráticas, à violência, à criminalidade, à ideia ou ato libidinoso, à discriminação ou preconceito de raça, credo, sexo ou origem ou, ainda, à ideia ou ato ofensivo às Forças Armadas, conforme Lei nº 12.702.705, de 08 de agosto de 2012.
      Att,
      Equipe Cidade

  6. Michel Marinho 22/05/2015 at 7:32 pm - Responder

    Boa noite sou formado em Tecnólogo em Redes de Computadores posso fazer o concurso pois vejo que na área de Informatica lá diz Redes de Computadores gostaria de saber se e aceito? grato

    • Equipe IIC 23/05/2015 at 3:23 pm - Responder

      Caro Michel,
      Para o Concurso de 2015 ao CFO/QC de 2016, o Exército disponibilizou 67 vagas: nas áreas de administração (5), assistência social (2), ciências contábeis (5), direito (10), enfermagem (15), fisioterapia (4), fonoaudiologia (2), informática (10), nutrição (2), psicologia (2), terapia ocupacional (2) e veterinária (2) vagas para os candidatos com idade entre 18 a 36 anos, até 31 Dez do ano da matrícula e ter concluído com aproveitamento, em instituição de ensino superior, o curso de graduação com o título de bacharel na área de atividade objeto do concurso.
      Desta forma temos que esperar o Edital para confirmar essa informação.
      Att,
      Equipe Cidade

  7. Manoel Carlos 27/05/2015 at 8:55 am - Responder

    Bom dia. Sou formado em Ciências Contábeis porém não fiz a prova para ter meu CRC. É necessário que eu tenha o CRC (Contador) para fazer o concurso?

    • Equipe IIC 28/05/2015 at 7:17 pm - Responder

      Caro Manoel Carlos,
      Segundo o Edital de 2014 é necessário o registro profissional expedido pelo órgão fiscalizador da profissão, quando existir. No seu caso é necessário sim.
      ============================
      2ºExame de Suficiência para o CFC – 20 set 15
      Inscrição: De 10 Jun a 9 Jul 15.
      Em: http://www.fbc.org.br ou http://www.cfc.org.br

      Curso Preparatório EAD para o 2º Exame de Suficiência do CRC 2015 – Contabilidade

      Para a obtenção ou o restabelecimento do registro no Conselho Federal de Contabilidade (CRC) é obrigatória a aprovação no Exame de Suficiência que é aplicado pelo CRC, duas vezes por ano, normalmente em abril e setembro. Para ser apto, o candidato terá que obter 50% de acertos na prova.

      Para prestar o Exame, é necessário que o candidato tenha concluído o curso superior de Ciências Contábeis ou estar cursando o último ano letivo.

      Os Exames têm revelado que para ser aprovado se faz necessário dos candidatos, uma preparação efetiva, focada nos temas principais que são abordados nos cursos de Contabilidade. Pensando nisso, o Curso Cidade disponibilizou um Preparatório para o Exame de Suficiência, de forma Presencial ou Online, com aulas ao vivo em tempo real, videoaulas e apostilas digitais com exercícios dos assuntos que fazem parte do conteúdo programático dos cursos de Contabilidade e que foram ou poderão ser cobrados nos Exames Futuros.

      O curso permite que os alunos EAD assistam às videoaulas que são postadas na Plataforma após a realização das aulas ao vivo, quantas vezes forem necessárias, além de poderem acompanhar os exercícios por intermédio das apostilas, que poderão ser impressas diretamente da Plataforma de Ensino EAD o que tem possibilidade um índice de aprovação acima dos 80% nos últimos exames.

      Os alunos matriculados encontrarão as vídeoaulas referentes ao 1º Exame de 2015 e aos 1º e 2º Exames realizados em 2014 e poderão postar suas dúvidas no fórum que serão respondidas pelos professores.

      Matrículas abertas em http://www.cursocidade.com.br

      Inicio: 18 Jun e Término na véspera da Prova em Set 15.

  8. Diego Friozi 17/06/2015 at 11:38 am - Responder

    A existência de tatuagem não se configura condição impeditiva para ingresso no Exército, porém não convém que a mesma esteja localizada em áreas aparentes com o uso dos uniformes militares, bem como faça alusão à ideologia terrorista ou extremista contrária às instituições democráticas, à violência, à criminalidade, à ideia ou ato libidinoso, à discriminação ou preconceito de raça, credo, sexo ou origem ou, ainda, à ideia ou ato ofensivo às Forças Armadas, conforme Lei nº 12.702.705, de 08 de agosto de 2012.
    Att,
    Equipe Cidade

    SOBRE A MENSAGEM

    Em caso de tatuagem em áreas aparentes com o uso dos uniformes militares, seria impedimento para ingresso no Exército? No caso uma pequena atrás do pulso e uma nas costas que pega um pouco no ombro.

    Na LEI Nº 12.705, DE 8 DE AGOSTO DE 2012, menciona apenas:

    VIII – não apresentar tatuagens que, nos termos de detalhamento constante de normas do Comando do Exército:

    a) faça alusão a ideologia terrorista ou extremista contrária às instituições democráticas, a violência, a criminalidade, a ideia ou ato libidinoso, a discriminação ou preconceito de raça, credo, sexo ou origem ou, ainda, a ideia ou ato ofensivo às Forças Armadas;

    Assim, fiquei em dúvida. Poderia por favor me esclarecer?

    • DIEGO FRIOZI 11/04/2016 at 11:52 pm - Responder

      Entendi. entrei em contato com o setor de comunicação da esfcex e por mais que esteja em local aparente, hoje, não configura impedimento. Agradeço os esclarecimentos. Boa semana!!

  9. costa 20/06/2015 at 3:51 pm - Responder

    quais locais mais abrem anualmente para o candidato servir apos o curso!?

  10. Leonardo 25/06/2015 at 12:14 pm - Responder

    Bom dia, me formo bacharel em ciência da computação no final do ano, posso me increver no QCO mesmo não tendo o diploma no prazo pedido pelo Edital. Digo isso pois o curso propiamente dito inicia em março do ano que vem, até lá já terei este diploma. Existe algum documento expedido pela universidade talvez, que possa servir para justificar o não envio do diploma para a análise prévia de documentos?

  11. Carlos Maia 25/06/2015 at 3:44 pm - Responder

    Gostaria de saber a periodicidade dos concurso de ingresso para a especialidade direito, haverá vagas para direito em 2016?

  12. Roberto Ferreira 27/06/2015 at 11:20 pm - Responder

    Boa Noite. Gostaria de saber se para a área de Direito é necessário o candidato possuir OAB, tendo em vista este registro só ser necessário para quem advoga.

    • Equipe IIC 07/07/2015 at 9:30 am - Responder

      Roberto,
      Veja o que diz o edital:
      § 1º Os bacharéis de Direito, aprovados no exame da Ordem dos Advogados do Brasil
      (OAB), que exercerem cargos ou funções incompatíveis com a advocacia, estando vedada sua inscrição
      na Ordem, deverão apresentar o certificado de aprovação no Exame da Ordem para Admissão no Quadro
      de Advogados, assinado pelo Presidente do Conselho Seccional, ou da Subseção delegada, e pelo
      presidente da banca examinadora da OAB.
      Att,
      Equipe Cidade

  13. PATRÍCIA INGRID 01/07/2015 at 8:01 pm - Responder

    Boa noite! Estou muito interessada no curso de vocês, porém tenho uma dúvida a esclarecer.

    Vocês saberiam informar em qual cidade é realizado o Curso de formação que durará os 8 meses?

    Att.

    Patrícia Ingrid.

    • Equipe IIC 07/07/2015 at 9:23 am - Responder

      Oi Patricia,
      O curso de formação será realizado na cidade de Salvador.
      Att,
      Equipe Cidade

  14. Daniel Rodrigues 04/07/2015 at 2:26 pm - Responder

    Sou bacharel em Direito mas ainda não passei no Exame da Ordem dos Advogados…
    Posso fazer este concurso para a vaga de Direito?

    • Equipe IIC 07/07/2015 at 9:21 am - Responder

      Prezado DANIEL,

      § 1º Os bacharéis de Direito, aprovados no exame da Ordem dos Advogados do Brasil
      (OAB), que exercerem cargos ou funções incompatíveis com a advocacia, estando vedada sua inscrição
      na Ordem, deverão apresentar o certificado de aprovação no Exame da Ordem para Admissão no Quadro
      de Advogados, assinado pelo Presidente do Conselho Seccional, ou da Subseção delegada, e pelo
      presidente da banca examinadora da OAB.
      O Curso lhe deseja muita sorte no concurso.
      Att,
      Equipe Cidade

  15. Maria 07/07/2015 at 10:35 pm - Responder

    Boa noite. Tenho uma dúvida quanto à IS. Não localizei em nenhuma das legislações dispostas no site da Esfcex que façam alusão aos critérios de aprovação (ou reprovação) no que tange à avaliação da arcada dentária, apesar de estar listado no edital a radiografia panorâmica das arcadas.
    Em outros editais,como ESPCEX, por exemplo, aparecem os números de dentes, posições, mastigações aceitáveis,e etc.
    Vocês têm alguma informação acerca das exigências da ESFCEX no que tange a este quesito?

    Grata,

    Maria

    • Equipe IIC 08/07/2015 at 1:00 pm - Responder

      Oi Maria,

      Veja os dos Documentos e Exames de Responsabilidade do(a) Candidato(a)

      Art. 94. Por ocasião da IS o(a) candidato(a) convocado deverá comparecer aos locais
      determinados portando o seu documento de identificação e carteira de vacinação, se a possuir. Terá, ainda,
      que apresentar, obrigatoriamente, os laudos dos exames médicos complementares abaixo relacionados,
      com os respectivos resultados, cuja realização é de sua responsabilidade. Serão aceitos os exames datados
      de, no máximo, 2 (dois) meses antes do último dia previsto no Calendário Anual do CA para a realização
      da IS:

      I – radiografia dos campos pleuro-pulmonares;
      II – sorologia para Lues e HIV;
      III – reação de Machado-Guerreiro;
      IV – hemograma completo, tipagem sanguínea e fator RH, e coagulograma;
      V – parasitologia de fezes;
      VI – sumário de urina;
      VII – teste ergométrico;
      VIII – eletroencefalograma;
      IX – radiografia panorâmica das arcadas dentárias;
      X – audiometria;
      XI – sorologia para hepatite B (contendo, no mínimo, HBsAg e Anti-HBc) e hepatite C;
      XII – exame oftalmológico;
      XIII – glicemia em jejum;
      XIV – ureia e creatinina;
      XV – radiografia de coluna cervical, torácica e lombar com laudo;
      XVI – exame toxicológico de larga janela de detecção (superior a 30 dias).
      XVII – teste de gravidez BHCG sanguíneo (para candidatas do sexo feminino); e
      XVIII – colpocitologia oncótica (para candidatas do sexo feminino).

      Fonte: Separata ao Boletim do Exército nº 25, de 19 de junho de 2015.

      Att,
      Equipe Cidade

  16. Thalles de Almeida 09/07/2015 at 12:32 am - Responder

    Boa noite,
    sou acadêmico do 9º semestre do curso de Direito e colarei grau em janeiro de 2016. Entretanto, já fui aprovado no Exame da Ordem dos Advogados do Brasil.
    Gostaria, por gentileza, de saber se já posso me inscrever para realizar o exame de setembro de 2015.

    Desde já grato pela atenção,

    Att.

  17. Marina 09/07/2015 at 10:24 am - Responder

    Olá, sou fisioterapeuta, tenho 26 anos e quero saber como posso ingressar no exército?
    A EsSEx é só para quem é médico? A EsPCEx é só para o sexo masculino? Então eu só poderia ingressar pela EsFCEx, é isso?
    Como posso estudar para a minha prova específica (fisioterapia) além do edital? Tem alguma outra forma? Aqui no curso preparatório Cidade só achei material disponibilizado para as matérias de conhecimentos gerais e inglês..
    Última dúvida: Como posso fazer o curso preparatório Cidade antecipadamente se nem todo ano tem vaga para a minha área (fisioterapia)?

  18. Roni Domingues 10/07/2015 at 4:38 am - Responder

    As provas são geralmente em outubro se eu não me engano e eu faço aniversário em dezembro. se nesse ano eu fizer 36 anos, eu poderei fazer a prova da esfcex?

    • Equipe IIC 11/07/2015 at 12:53 pm - Responder

      Caro RONI,
      Diz o Edital que você deve possuir no máximo 36 (trinta e seis) anos, referenciados a 31 de dezembro do ano de sua
      matrícula, conforme a alínea e) do inciso III do art. 3º da Lei nº 12.705, de 2012;
      Att,
      Equipe Cidade

  19. Alessandro Rocha 15/07/2015 at 10:59 pm - Responder

    Boa noite,

    De acordo com a decisão proferida nos autos da ACP 0001413-
    95.2014.4.01.3200 – TRF/1, agora é aceitável o ingresso de Tecnólogos, conforme sentença que pode ser vista aqui: http://www.pram.mpf.mp.br/news/2014/Liminar%20ACP_Quadro_Complementar_Oficiais.pdf

    Como minha formação é em Gestão em Recursos Humanos, e esta uma área dentro da Administração, gostaria de saber se poderia me inscrever para as vagas abertas agora em 2015 para Administração.

    Obrigado.

    • Equipe IIC 16/07/2015 at 2:02 pm - Responder

      Caro Alessandro,
      Essa pergunta é bem específica e nosso conselho é que você direcione sua pergunta para a EsFCEx no endereço: http://www.esfcex.ensino.eb.br/esfcex
      O Curso Cidade lhe deseja muita sorte no Certame!
      Att,
      Equipe Cidade

  20. yan guilherme rigor de oliveira 17/07/2015 at 11:22 am - Responder

    sou soldado do EB e estou cursando pedagogia e ouvi que este vagas para minh area, sendo que tenho duas tatuagens uma no braço sendo que o camuflado cobre e outra nas costas que so pode ser visto se estiver sem blusa, isso me impede de entrar?

  21. Sara 23/07/2015 at 12:45 am - Responder

    Olá, sou da área de magistério – Português e vi que para esse ano de 2015 não saiu vaga para minha área, quero muito começar a me preparar e fiquei interessado no preparatório de vocês, porém tenho receio de estudar e não ter mais previsão para vagas na área de magistério. Vocês sabem dizer se para 2016 abrirá novamente?
    Desde já agradeço.

  22. Felipe 25/07/2015 at 11:36 pm - Responder

    Olá. No edital do concurso, fala que se o candidato tiver sido militar ele não pode ter sido expulso a bem da disciplina. Eu fui voluntario para o serviço militar obrigatório e fui selecionado, depois de um ano eu dei baixa para estudar Direito e sai do quartel com um documento de Honra ao Mérito por não ter cometido nenhuma transgressão disciplinar. Eu gostaria de saber se eu vou precisar voltar ao quartel e pedir minhas folhas de alteração de militar para comprovar que naquele período é tipo o comportamento BOM? Pois na minha reservista de 1ª categoria não consta nada de comportamento!

  23. David Jorge 29/07/2015 at 7:48 pm - Responder

    Boa noite , gostaria de saber quais os cursos específicos de informática e sé e necessário o bacharel..

    • Equipe IIC 31/07/2015 at 11:34 am - Responder

      Bom dia DAVID,

      De acordo com a decisão Judicial agora é aceitável o ingresso de Tecnólogos, conforme sentença que pode ser vista aqui: http://www.pram.mpf.mp.br/news/2014/Liminar%20ACP_Quadro_Complementar_Oficiais.pdf

      Veja o que diz o Edital:
      a. …
      b) ter concluído com aproveitamento, em instituição de ensino superior, o curso de graduação na área objeto do CA, que o habilite ao exercício profissional, nas áreas para as quais foram estabelecidas vagas em portaria do Estado-Maior do Exército (EME), destinadas à matrícula nos CFO/QC, e estar registrado no órgão fiscalizador da profissão a que concorre, quando existir (a participação dos tecnólogos, constante nesta alínea, fica subordinada às decisões proferidas nos autos da ACP 0001413-95.2014.4.01.3200 – TRF/1). Essas situações deverão ser comprovadas, na etapa de verificação documental e comprovação dos requisitos para matrícula, com a apresentação dos seguintes documentos:

      1. diploma na área objeto do concurso a que se referir sua inscrição, de instituições credenciadas e cursos oficialmente reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC), na forma da legislação federal que regula a matéria e devidamente registrado. Será admitido, também, o diploma emitido e registrado, com fundamento no art. 63, da Portaria Normativa nº 40-MEC, de 12 de dezembro 2007; e
      2. …

      Em caso de dúvida seria interessante você consultar a EsFCEx pelo endereço eletrônico http://www.esfcex.ensino.eb.br/esfcex

      Desejamos uma boa preparação e um excelente concurso!!!
      Att,
      Equipe Cidade

  24. Caio Albuquerque Pinheiro 30/07/2015 at 5:11 pm - Responder

    No caso de tatuagem localizada na parte inferior do bíceps e na parte de trás da panturrilha, que não façam alusão a ideologia terrorista ou extremista contrária às instituições democráticas, à violência, à criminalidade, à ideia ou ato libidinoso, à discriminação ou preconceito de raça, credo, sexo ou origem ou, ainda, à ideia ou ato ofensivo às Forças Armadas, conforme Lei nº 12.702.705, de 08 de agosto de 2012. É permitido?

  25. Emivaldo Junior 04/08/2015 at 8:26 pm - Responder

    Boa Noite sou Formado em Tecnologia em redes de computadores e fiquei muito interessado em seguir a carreira militar, gostaria de saber se meu curso encaixa na área de informática.

    • Equipe IIC 10/08/2015 at 7:13 pm - Responder

      Prezado EMIVALDO,

      A decisão judicial proferida pelo juiz Federal Ricardo de Sales, confirmou a decisão liminar favorável que já havia sido concedida em relação ao pedido do MPF/AM, em abril de 2014. Disse o Juiz: “constatando-se que a formação de tecnólogo é reconhecida como superior, bem como que o legislador não fez qualquer restrição, não cabe ao edital do concurso fazê-la”.

      Veja o que diz o Edital:

      I – requisitos comuns aos(às) candidatos(as) de todas as áreas objetos do CA (qualquer formação profissional):
      a) …

      b) ter concluído com aproveitamento, em instituição de ensino superior, o curso de graduação na área objeto do CA, que o habilite ao exercício profissional, nas áreas para as quais foram estabelecidas vagas em portaria do Estado-Maior do Exército (EME), destinadas à matrícula nos CFO/QC, e estar registrado no órgão fiscalizador da profissão a que concorre, quando existir (a participação dos tecnólogos, constante nesta alínea, fica subordinada às decisões proferidas nos autos da ACP 0001413-95.2014.4.01.3200 – TRF/1). Essas situações deverão ser comprovadas, na etapa de verificação documental e comprovação dos requisitos para matrícula, com a apresentação dos seguintes documentos:

      1. diploma na área objeto do concurso a que se referir sua inscrição, de instituições credenciadas e cursos oficialmente reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC), na forma da legislação federal que regula a matéria e devidamente registrado. Será admitido, também, o diploma emitido e registrado, com fundamento no art. 63, da Portaria Normativa nº 40-MEC, de 12 de dezembro 2007; e

      2. registro profissional expedido pelo órgão fiscalizador da profissão, quando existir.

  26. Luanna 06/08/2015 at 8:18 pm - Responder

    Olá, sou advogada, e gostaria de saber se caso eu venha a ser admita no concurso, minha carteira da OAB será cancelada? Qual a sitiuação perante a OAB? Obrigada.

    • Equipe IIC 10/08/2015 at 7:02 pm - Responder

      Prezada LUANA,

      Veja o que diz o edital:

      1. diploma na área objeto do concurso a que se referir sua inscrição, de instituições credenciadas e cursos oficialmente reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC), na forma da legislação federal que regula a matéria e devidamente registrado. Será admitido, também, o diploma emitido e registrado, com fundamento no art. 63, da Portaria Normativa nº 40-MEC, de 12 de dezembro
      2007; e
      2. registro profissional expedido pelo órgão fiscalizador da profissão, quando existir.

      § 1º Os bacharéis de Direito, aprovados no exame da Ordem dos Advogados do Brasil
      (OAB), que exercerem cargos ou funções incompatíveis com a advocacia, estando vedada sua inscrição
      na Ordem, deverão apresentar o certificado de aprovação no Exame da Ordem para Admissão no Quadro
      de Advogados, assinado pelo Presidente do Conselho Seccional, ou da Subseção delegada, e pelo
      presidente da banca examinadora da OAB.
      Att,
      Equipe Cidade

  27. Roberto Ferreira 15/08/2015 at 6:33 pm - Responder

    Boa Noite Ten Cidade!!
    Gostaria de saber se nos cursos EAD teremos acessos as apostilas do curso ou teremos que adquiri-las em separado?

    • Equipe IIC 17/08/2015 at 8:41 pm - Responder

      Caro Futuro Tenente ROBERTO,
      Os alunos matriculados a partir do dia 1º Jul 15, terão acesso a plataforma com as aulas de 2015, 2014, 1023 e 2012, além das apostilas usadas por todos os alunos matriculados em nossos cursos, presencial e ead em formato PDF.
      Att,
      Equipe Cidade

  28. Tainá 21/08/2015 at 3:43 pm - Responder

    No caso de tatuagem localizada na parte inferior do bíceps que não faz alusão a ideologia terrorista ou extremista contrária às instituições democráticas, à violência, à criminalidade, à ideia ou ato libidinoso, à discriminação ou preconceito de raça, credo, sexo ou origem ou, ainda, à ideia ou ato ofensivo às Forças Armadas, conforme Lei nº 12.702.705, de 08 de agosto de 2012. É permitido?

  29. Fernando 28/08/2015 at 1:09 pm - Responder

    Caros amigos eu gostaria de saber como seria a respeito da idade.
    A respeito da idade max. eu tenho que estar com 36 anos ao término do curso?
    Porque no caso eu faço aniversário na metade do ano, entraria com 36 e faria 37 na metade do curso. Funciona assim…

  30. David Jorge 30/08/2015 at 8:27 am - Responder

    Bom dia Ten, gostaria de saber quen tem o nível superior em Sistema da informação, pode fazer o concurso ?? Desde de já agradeço!

  31. Dione Moura 21/09/2015 at 8:12 pm - Responder

    Boa Noite

    Já sou Sargento do exército, gostaria de saber se, caso aprovado no QCO de Direito, vou ser desligado da minha OM de origem e fazer a matricula na EsFCEx, ou vou ser transferido, com direito a ajuda de custo, bagagem, dentre outras que constam nas transferência?

    Do mesmo modo, gostaria de saber se normalmente abre vagas do QCO de Direito para o SUL.

    Obrigado

    • Equipe IIC 29/09/2015 at 4:24 pm - Responder

      Caro DIONE,
      Ao passar no QCO você fará todas as etapas do Processo Seletivo na Guarnição de Exame. Após aprovado no teste físico e EAS a DCEM publicará a autorização para deslocamento (nesse caso tudo vai ser por sua conta), se tiver que fazer mudança e tal. Tudo por enquanto sem indenização da Força. Após o check-list na ESFCEX(verificação de exames e matrícula efetiva no curso), o nome de todos os ex-militares de carreira são enviado em um fax para a DCEM para que esta publique a movimentação. A partir daí você vai receber uma movimentação normal para ir e outra para sair ao término do curso.
      Para o Sul há vagas, porém , não significa que no seu ano elas irão abrir. O interesse é sempre do Exército e as vagas são definidas conforme estas necessidades.
      Um grande abraço!
      Muito boa sorte no Concurso!
      Ten Cidade

  32. Bárbara Fernanda 06/10/2015 at 12:26 am - Responder

    Olá. Sou estudante de economia e colarei grau em dez/2018. Pretendo seguir carreira militar, mas tenho dúvidas quanto à minha graduação: entra na área de administração ou contábeis para ingressar na Esfcex? Procurei no site oficial e vi que tinha área de ecomia, mas não tinha abertura de vagas nos 3 últimos concursos. Será que poderei fazer Esfcex então com minha graduação ?

    • Luisa Lobao 28/09/2016 at 10:13 pm - Responder

      Também gostaria de saber. Estou com a mesma dúvida.

      • Equipe IIC 29/09/2016 at 7:46 pm - Responder

        Prezada Futura Tenente Luisa,segue os preços:

        – Conhecimentos Gerais:
        Português, História, Geografia, Inglês, Espanhol ou Inglês, mais

        – Conhecimentos Específicos: Direito com o dobro da carga horária gasta com as outras específicas (Adm, Cont, TI e Enf)
        Preço do curso: 12 parcelas de R$ 393,76 sem juros.

        Desconto especial para Ex-alunos do Curso Cidade, majorados, militares e seus dependentes, alunos matriculados em Cursinhos para a EsFCEx no ano de 2016 terão 15% de desconto.

        De 12 parcelas de R$ 393,76 por 12 x R$ 334,70 mensal sem juros.

  33. hellon 18/10/2015 at 7:08 pm - Responder

    gostaria de saber o que diz a ACP 0001413-95.2014.4.01.3200 – TRF/1, regulamentadora da participação de pessoas que tem curso superior tecnológico no concurso do QCO? Tenho curso superior tecnológico em Gestão Pública e gostaria de fazer o concurso do QCO ano que vem, obrigado.

    • Equipe IIC 02/11/2015 at 4:28 pm - Responder

      Para dúvida desse tipo o melhor é dirigir a pergunta diretamente a EsFCEx.
      Att,
      Equipe Cidade

  34. Rogel 03/12/2015 at 5:18 pm - Responder

    Olá.
    Sou Advogado a 10 anos, tenho 34 anos, a um ano e meio amputei uma perna abaixo do joelho, mas não preciso de adaptações.
    É permitido o ingresso através do concurso para Portadores de deficiência física?

    • Equipe IIC 08/12/2015 at 1:54 pm - Responder

      Prezado Rogel,
      Infelizmente, não posso te responder de pronto. Você já deu uma olhada no edital?
      Att,
      Equipe Cidade

  35. OSWALMIR DYEGO 13/12/2015 at 8:21 pm - Responder

    Ola curso cidade, gostaria de saber. Se vocês sabem das últimas movimentações do QCO ENFERMAGEM, Pós formatura. Queria saber se teve para o Nordeste, principalmente Recife?

  36. Rafael Saldaña 17/12/2015 at 3:11 pm - Responder

    Olá, tenho 3 dúvidas a serem sanadas, desde já agradeço.

    1. Todos os anos abrem vagas para o magistério de história?

    2. Estarei concorrendo a uma vaga em história somente com o candidatos de história?

    3. O oficial qco formado na esfecex pode fazer cursos de combate, pqd, guerra na selva, dentre outros ?

    Brasil!

    • Equipe IIC 18/12/2015 at 9:37 pm - Responder

      Rafael,
      As vagas para história foram abertas em 2010, 2011, 2012, 2013 e 2014 e os Oficiais do QCO não podem realizar os cursos operacionais.

      1. Concorrência do Quadro Complementar
      (relação candidato x vaga) dos últimos 6 anos
      ÁREA/SUBÁREA VAGAS CONCORRÊNCIA
      PS/2015 PS/2014 PS/2013 PS/2012 PS/2011 PS/2010 PS/2015 PS/2014 PS/2013 PS/2012 PS/2011 PS/2010
      Magistério História – – 2 2 2 2 – – 164 121 443 254
      BOA SORTE!
      EQUIPE CIDADE

  37. Hamilton Luiz 22/12/2015 at 3:00 pm - Responder

    Boa tarde, me interessei no QCO, e vi que um dos cursos de nível superiores que são aceitos é o de Comunicação Social. No entanto, aqui em SP as não consigo encontrar alguma faculdade que ofereça este curso separado e sim em outros cursos correlacionados (Jornalismo, Publicidade e Propaganda etc).

    Como sou formado no curso de Tecnologia em Gestão de Rádio e TV (Tecnólogo), estarei apto neste quesito de nível superior ou terei que concluir algum curso que possua a Comunicação Social ou até mesmo procurar alguma instituição que ofereça este curso?

    Obrigado e parabéns pelo trabalho!

  38. Júlio cesar 01/01/2016 at 1:04 pm - Responder

    Olá oficial qco pode realizar cursos operacionais?
    E se pode, consegue fazer? Ou os comandantes dificultam o requerimento?
    Obrigado

    • Equipe IIC 18/01/2016 at 8:01 pm - Responder

      Infelizmente não, pois o cargo do QCO não prevê atividade operacional.
      Att,
      Equipe Cidade

    • Francisco Elizardo de Sousa Carmo 20/01/2016 at 11:52 am - Responder

      Pode sim, eu sou sgt de infantaria. Conheci um Capelão guerra na selva.

      • Equipe IIC 20/01/2016 at 3:40 pm - Responder

        Tem alguns casos especiais de oficias que necessitam estar habilitados para cumprir determinado função tido Capelão PQD entre outros, desde que a Força tenha interesse.
        Abç
        Cidade

  39. Jadilson Alves 22/01/2016 at 8:44 am - Responder

    Pretendo realizar QCO , porém gostaria de saber se o Curso de ( ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS ) eu posso prestar o concurso.

    Att.Jadilson Alves

  40. emerson 24/01/2016 at 3:24 pm - Responder

    olá, pessoal, as provas de QCO irão acabar ou não?

    existe muita coisa se falando, qual a realidade?

    • Equipe IIC 26/01/2016 at 6:55 pm - Responder

      Como vai EMERSON,
      Em nosso equipe de professores tem vários militares que não sabem nada a respeito, até porque o Quadro do QCO foi criado por uma Lei e para ser extinto o Quadro essa Lei precisa ser revogada e isso não aconteceu. Ocorre que por restrições econômicas os cursos para 2017 sofreram uma redução no efetivo, foi o que soubemos a respeito.
      Att,
      Equipe Cidade

  41. Caroline Silva Prates 27/01/2016 at 12:24 am - Responder

    Boa noite, tenho dúvidas quanto ao local onde é realizada a prova. Eu moro em Santa Maria, RS e pretendo prestar o concurso no ano que vem, aonde irei fazer a prova..em POA provavelmente??
    Aguardo.

  42. James de Morais 29/01/2016 at 5:58 pm - Responder

    Olá.
    Com a sua permissão, gostaria de saber se após a ter passado pela EsFECEx, tem chance de ser transferido para uma OM de outra cidade?
    por exemplo, me formo na EsCEFEx aí volto para o Esqd de Cavalaria em minha cidade…
    Tem como?
    Obrigado.

  43. george luos 29/01/2016 at 10:54 pm - Responder

    Será que o Qco do exercito aceita o curso de Eng. Da computação ?

    • Equipe IIC 30/01/2016 at 5:53 pm - Responder

      Estamos aguardando uma resposta da Escola.

    • Vinicius Rodrigues Martins Lourenza 08/08/2018 at 10:51 pm - Responder

      sim aceita qualquer área de TI eles aceitam

  44. Fernando 03/02/2016 at 9:56 am - Responder

    Este ano 2016 para matriculas 2017 não haverá vagas para o concurso na área de Adm? Essa informação saiu em uma separata ao BE, pode haver alguma mudança quanto a essa decisão?

    • Equipe IIC 03/02/2016 at 10:46 pm - Responder

      Fernando,
      Essa informação foi divulgada no dia 25 Dez. Vamos aguardar a divulgação final do número de vagas para o concurso para confirmar essa publicação, pois a necessidade da força pode até provocar uma alteração.
      att,
      Equipe Cidade

  45. Eliana 08/02/2016 at 4:35 am - Responder

    Bom dia, sou bacharel em direito, e gostaria de saber se eu ingressar no QCO e futuramente prestar um concurso para promotor ou juiz, se os serviços jurídicos prestados servirá como prática jurídica?

    • Equipe IIC 17/02/2016 at 9:36 pm - Responder

      Essa pergunta deverá ser dirigida a Comissão do Concurso da EsFCEx.

  46. Michele 11/02/2016 at 11:06 am - Responder

    Bom dia!
    Gostaria de fazer o concurso para o QCO. Sou 2° Ten do EB e faço 36 anos em junho deste ano. Eu posso fazer a prova ou tenho que entrar com mandado de segurança?

    • Equipe IIC 16/02/2016 at 10:42 pm - Responder

      Michele,
      Veja o que diz o edital de 2015:
      c) possuir no máximo 36 (trinta e seis) anos, referenciados a 31 de dezembro do ano de sua matrícula, conforme a alínea e) do inciso III do art. 3º da Lei nº 12.705, de 2012;
      Existe uma Lei do Ensino que estabelece as idades para os concursos militares.

  47. Tiago felipe 12/02/2016 at 5:06 am - Responder

    Ola queria saber se o quadro compleme.tar de oficiais pode também fazr o curso da Cavex ?

    • Equipe IIC 16/02/2016 at 10:52 pm - Responder

      O QCO tem missão específica para suas especialidades.

  48. Rafael Lucas 15/02/2016 at 12:16 am - Responder

    Oi vou me formar em licenciatura em historia final do próximo ano tenho 27 anos e gostaria de saber se eu posso prestar o concurso CFO/QCO? a EB aceita minha graduação ou não ?

    • Equipe IIC 16/02/2016 at 10:32 pm - Responder

      Prezado Rafael,
      A previsão de vagas para 2016 publicada na Portaria Nr 335-EME, de 17 de dezembro de 2015, é de 15 para Direito, 10 para Informática, 7 para Contabilidade, 6 para Enfermagem e 2 para Veterinária. Totalizando: 40 vagas
      (vamos aguardar a confirmação na 2ª quinzena de abril com a publicação do Edital)
      Fonte: http://www.sgex.eb.mil.br/separatas.phprtaria
      Att,
      Equipe Cidade

    • Equipe IIC 17/02/2016 at 9:25 pm - Responder

      Prezado RAFAERL,
      Veja o que diz o edital de 2015:
      – ter concluído com aproveitamento, em instituição de ensino superior, o curso de graduação na área objeto do CA, que o habilite ao exercício profissional nas áreas para as quais foram estabelecidas vagas em portaria do Estado-Maior do Exército (EME), destinadas à matrícula nos CFO/QC, e estar registrado no órgão fiscalizador da profissão a que concorre, quando existir (a participação dos tecnólogos, constante nesta alínea, fica subordinada às decisões proferidas nos autos da ACP 0001413-95.2014.4.01.3200 – TRF/1). Essas situações deverão ser comprovadas, conforme previsto no caput deste artigo, com a apresentação dos seguintes documentos:
      1. diploma na área objeto do concurso a que se referir sua inscrição, de instituições credenciadas e cursos oficialmente reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC), na forma da legislação federal que regula a matéria e devidamente registrado. Será admitido, também, o diploma emitido e registrado, com fundamento no art. 63, da Portaria Normativa nº 40-MEC, de 12 de dezembro 2007; e 2. registro profissional expedido pelo órgão fiscalizador da profissão, quando existir.

  49. Leonardo 15/02/2016 at 3:24 pm - Responder

    Boa tarde,

    Percebi em uma resposta que não aceita Tecnólogo em Gestão de TI.
    No entanto saiu uma lei decretada por juri que é obrigatório aceitar o curso tecnólogo.

    É confirmado de certeza que não aceita?

    • Equipe IIC 16/02/2016 at 10:22 pm - Responder

      Prezado LEONARDO,
      Veja o que diz o edital de 2015:
      – ter concluído com aproveitamento, em instituição de ensino superior, o curso de graduação na área objeto do CA, que o habilite ao exercício profissional nas áreas para as quais foram estabelecidas vagas em portaria do Estado-Maior do Exército (EME), destinadas à matrícula nos CFO/QC, e estar registrado no órgão fiscalizador da profissão a que concorre, quando existir (a participação dos tecnólogos, constante nesta alínea, fica subordinada às decisões proferidas nos autos da ACP 0001413-95.2014.4.01.3200 – TRF/1). Essas situações deverão ser comprovadas, conforme previsto no caput deste artigo, com a apresentação dos seguintes documentos:
      1. diploma na área objeto do concurso a que se referir sua inscrição, de instituições credenciadas e cursos oficialmente reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC), na forma da legislação federal que regula a matéria e devidamente registrado. Será admitido, também, o diploma emitido e registrado, com fundamento no art. 63, da Portaria Normativa nº 40-MEC, de 12 de dezembro 2007; e 2. registro profissional expedido pelo órgão fiscalizador da profissão, quando existir.

    • Equipe IIC 17/02/2016 at 9:21 pm - Responder

      Aconselhamos a dirigir a pergunta diretamente a Comissão de Concurso da EsFCEx.

  50. gilberto 17/02/2016 at 4:21 pm - Responder

    gostaria de saber se bacharel em ciências da computação pode pleitear uma vaga no esfcex

    • Equipe IIC 17/02/2016 at 9:03 pm - Responder

      Prezado GILBERTO,
      Veja o que diz o Edital:

      Dos Requisitos Exigidos

      Art. 4o O(A) candidato(a) à inscrição no CA ao CFO/QC, de ambos os sexos, deverá satisfazer aos requisitos estabelecidos nos incisos I e II a seguir, por meio de cópias legíveis (frente e verso) autenticadas em cartório, na etapa de verificação documental preliminar e devidamente comprovados, por intermédio da apresentação dos respectivos documentos originais, no momento da etapa final do CA, para efetivação da matrícula, prevista no calendário anual.

      I – requisitos comuns aos(às) candidatos(as) de todas as áreas objetos do CA (qualquer formação profissional):

      a) ser brasileiro nato, conforme o inciso I do art. 2º da Lei nº 12.705, de 2012;

      b) ter concluído com aproveitamento, em instituição de ensino superior, o curso de graduação na área objeto do CA, que o habilite ao exercício profissional nas áreas para as quais foram estabelecidas vagas em portaria do Estado-Maior do Exército (EME), destinadas à matrícula nos CFO/QC, e estar registrado no órgão fiscalizador da profissão a que concorre, quando existir (a participação dos tecnólogos, constante nesta alínea, fica subordinada às decisões proferidas nos autos da ACP 0001413-95.2014.4.01.3200 – TRF/1). Essas situações deverão ser comprovadas, conforme previsto no caput deste artigo, com a apresentação dos seguintes documentos:

      1. diploma na área objeto do concurso a que se referir sua inscrição, de instituições credenciadas e cursos oficialmente reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC), na forma da legislação federal que regula a matéria e devidamente registrado. Será admitido, também, o diploma emitido e registrado, com fundamento no art. 63, da Portaria Normativa nº 40-MEC, de 12 de dezembro 2007; e 2. registro profissional expedido pelo órgão fiscalizador da profissão, quando existir.
      c) possuir no máximo 36 (trinta e seis) anos, referenciados a 31 de dezembro do ano de sua matrícula, conforme a alínea e) do inciso III do art. 3º da Lei nº 12.705, de 2012;

      MATRÍCULAS ABERTAS NO CURSO PREPARATÓRIO PRESENCIAL E EAD COM AULAS AO VIVO.
      VEJA MAIS:
      – PARA O CURSO PRESENCIAL: http://www.cursocidade.com.br/preparatorio-esfcex/
      – PARA O CURSO EAD: http://www.cursocidade.com.br/preparatorio-esfcex-ead/

      O CURSO CIDADE TEM COMO OBJETIVO A APROVAÇÃO DE NOSSOS ALUNOS!!!

  51. Jefferson Oliveira 25/02/2016 at 5:35 pm - Responder

    Prezados senhores,

    O Oficial do QCO que também é formado oficial combatente por NPOR, pode ser aproveitado em áreas operacionais, bem como realizar cursos operacionais?

    Grato.

    • Equipe IIC 25/02/2016 at 9:27 pm - Responder

      Depende muito da necessidade da Força.

  52. KAROL 29/02/2016 at 12:07 pm - Responder

    Bom dia , sou formada em Ciências Biológicas – BACHAREL, com meu curso posso ingressar?
    ou só pode cursos específicos, eu li no edital ” de acordo com o CA (QUALQUER FORMAÇÃO), porém ao final do edital tem cursos específicos (direito,nutrição, terapia o. etc)… gostaria que alguém pudesse me responder, obrigada!

  53. anderson nunes 29/02/2016 at 5:15 pm - Responder

    Gostaria de saber , sainda da EsFECEx … o 1º Ten , tem direito a PNR ou tem que aguardar na fila ?!

    • Equipe IIC 05/03/2016 at 9:22 pm - Responder

      Normalmente tem que aguardar na fila.

  54. Thiago Cavalcante 03/03/2016 at 9:58 am - Responder

    Olá, gostaria de saber se já foram publicadas a quantidade de vagas para o concurso CFO 2016/2017 e qual foram as especialidades contempladas?

  55. Bocchi 14/03/2016 at 10:48 am - Responder

    bom dia, gostaria de saber se posso prestar QCO sendo formado em engenharia civil?!
    se sim quero saber em que area se encaixa sou soldado do exercito buscando meios para se tornar de carreira!

  56. Ailton Benitto Medeiros de Araújo 28/03/2016 at 9:55 am - Responder

    Bom dia! Em relação a tatuagem qual a hipótese que não é permitido?

  57. adriano alves da silva 31/03/2016 at 2:30 pm - Responder

    termino engenharia de produção esse ano
    posso fazer inscrição em 2017
    para engenharia de produção?
    pois nao tem esse curso nas opções
    engenharia de produção se encaixa em administração?

  58. Juliane Hang 05/04/2016 at 5:15 pm - Responder

    A formação em Publicidade e Propaganda (bacharelado) me possibilita fazer o concurso também?

    • Equipe IIC 07/04/2016 at 6:30 pm - Responder

      Prezada Futura Tenente JULIANA HANG,
      Essa pergunta é bem específica e não podemos lhe responder com precisão, por isso aconselhamos que você entre em contato com a EsFCEx:

      Endereço: Rua Território do Amapá, 455 – Pituba
      Salvador – BA
      CEP 41830-540

      Administração do Site: scs@esfcex.ensino.eb.br
      PABX: (71) 3205-8800
      FAX: (71) 3240-6163

      Horário de Expediente: 07:00 h às 12:00 h e das 13:30 h às 16:30 h

  59. Mayara magalhães 08/04/2016 at 11:56 am - Responder

    Olá sou formada Ciências Biológicas – Licenciatura – Qual seria o concurso que eu deveria fazer? queria saber como faço para entrar na marinha com ensino superior em biologia pois vou fazer para bacharel tenho muita dúvida a respeito disso

  60. Jadilson Alves 15/04/2016 at 3:53 pm - Responder

    olá gostaria de saber se com estes cursos eu poderei realizar a prova do QCO.

    *Gestão da Tecnologia da Informação*
    Titulação: Tecnólogo
    Duração: 2 anos
    Legalidade: Autorizado. Resolução do CEPE n.º 93/2014 de 19/06/2014.

    *Análise e Desenvolvimento de Sistemas*
    Titulação: Tecnólogo
    Duração: 2 anos
    Legalidade: Autorizado. Resolução CEPE 93/2014 de 19/06/2014.

  61. Eliane Miranda de Souza 21/04/2016 at 11:39 am - Responder

    Bom dia, esse ano não vai abrir vaga para administração?

    • Equipe IIC 23/04/2016 at 2:33 pm - Responder

      Prezada Futura Tenente ELAINE,

      A previsão de vagas para 2016 foi publicada na Portaria Nr 335-EME, de 17 de dezembro de 2015: 15 vagas para Direito, 10 para Informática, 7 para Contabilidade, 6 para Enfermagem e 2 para Veterinária. Totalizando: 40 vagas
      (vamos aguardar a confirmação na 2ª quinzena de abril com a publicação do Edital)
      Fonte: http://www.sgex.eb.mil.br/separatas.phprtaria
      Para minimizar um pouco a situação dos candidatos que se matricularam no Curso Cidade nas áreas que não foram contempladas com nenhuma vaga, o Curso Cidade decidiu que irá fornecer o curso preparatório para o concurso de 2017, inteiramente grátis para todos os alunos que estão se preparando em ano de 2016. Esse benefício tem amparo na Termo Contratual firmado entre o candidato e o curso.
      Att,
      Equipe Cidade

  62. Marcos Brasil 22/04/2016 at 6:23 pm - Responder

    Não existe mais o concurso de QCO para interessados na área de magistério para disciplina de música?

    • Equipe IIC 23/04/2016 at 2:39 pm - Responder

      Prezado MARCOS,

      A previsão de vagas para 2016 foram 15 vagas para Direito, 10 para Informática, 7 para Contabilidade, 6 para Enfermagem e 2 para Veterinária. Totalizando: 40 vagas
      (vamos aguardar a confirmação na 2ª quinzena de abril com a publicação do Edital)
      Fonte: http://www.sgex.eb.mil.br/separatas.phprtaria
      Att,
      Equipe Cidade

  63. Karla C. de S. Queiroz 26/04/2016 at 4:05 pm - Responder

    Olá, boa tarde!

    Fiz o Concurso de Admissão para o CFO/QC no ano passado (2015), mas li em seus comentários que não há previsão de abertura para vagas na área de nutrição (ficou subtendido, ao citarem as vagas para este ano) no período 2016/2017. Isso procede?

    Além disso, possuo algumas apostilas disponibilizadas pelo Curso Cidade e estou gostando muito do conteúdo. Desta forma, gostaria de saber se o mesmo oferece apostila por área específica, pois necessito de uma na área de NUTRIÇÃO.

    Att,

    Karla.

    • Equipe IIC 04/05/2016 at 10:26 pm - Responder

      Prezada Futura Tenente KARLA,

      Realmente a previsão de vagas para 2016 foi publicada na Portaria Nr 335-EME, de 17 de dezembro de 2015: 15 vagas para Direito, 10 para Informática, 7 para Contabilidade, 6 para Enfermagem e 2 para Veterinária. Totalizando: 40 vagas
      (vamos aguardar a confirmação na 2ª quinzena de abril com a publicação do Edital)
      Fonte: http://www.sgex.eb.mil.br/separatas.phprtaria
      Para minimizar um pouco a situação dos candidatos que se matricularam no Curso Cidade nas áreas que não foram contempladas com nenhuma vaga, o Curso Cidade decidiu que irá fornecer o curso preparatório para o concurso de 2017, inteiramente grátis para todos os alunos que estão se preparando em ano de 2016. Esse benefício tem amparo na Termo Contratual firmado entre o candidato e o curso.
      Att,
      Equipe Cidade

  64. Carlos Siqueira 27/04/2016 at 6:37 am - Responder

    Sou Engenheiro Elétrico/Eletrônico, gostaria de saber se posso concorrer as vagas relacionadas á exatas.

    • Equipe IIC 04/05/2016 at 10:28 pm - Responder

      Carlos,

      A previsão de vagas para 2016 foi publicada na Portaria Nr 335-EME, de 17 de dezembro de 2015: 15 vagas para Direito, 10 para Informática, 7 para Contabilidade, 6 para Enfermagem e 2 para Veterinária. Totalizando: 40 vagas
      Att,
      Equipe Cidade

  65. Jefferson 27/05/2016 at 8:43 pm - Responder

    Gostaria de saber qual curso na faculdade tenho q fazer pra poder entrar no qco meu sonho

    • Equipe IIC 15/06/2016 at 5:36 pm - Responder

      Oi JEFFERSON,

      VEJA AS VAGAS POR ÁREA PARA O CFO/QC 2016

      CONCURSOS DE ADMISSÃO 2016 PARA MATRÍCULA NO CURSO DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS DO QUADRO COMPLEMENTAR (CFO/QC) E NO ESTÁGIO DE INSTRUÇÃO E ADAPTAÇÃO AO QUADRO DE CAPELÃES MILITARES (EIA/QCM) EM 2017.

      A PORTARIA Nº 335-EME, DE 17 DE DEZEMBRO DE 2015, FIXOU O NÚMERO DE VAGAS PARA O CFO/QC.

      VAGAS POR ÁREA PARA O CFO/QC
      Nº ÁREAS VAGAS
      01 CIÊNCIAS CONTÁBEIS 7
      02 DIREITO 15
      03 ENFERMAGEM 6
      04 INFORMÁTICA 10
      05 VETERINÁRIA 2
      TOTAL 40

      A PORTARIA Nº 010-DGP, DE 20 DE JANEIRO DE 2016, DISTRIBUIU O NÚMERO DE VAGAS PARA O EIA/QCM.

      VAGAS POR CREDO RELIGIOSO PARA O EIA/QCM
      Nº ÁREAS VAGAS
      01 CAPELÃO CATÓLICO 3
      02 CAPELÃO EVANGÉLICO 1
      TOTAL 4

      DATAS PARA PRÓXIMAS ETAPAS, CONDIÇÕES DE EXECUÇÃO E REQUISITOS PARA INSCRIÇÃO NOS CONCURSOS DE ADMISSÃO 2016, AO CFO/QC E AO EIA/QCM, A SEREM REGULADAS NAS IRCAM.

      – A EsFCEx está aguardando a publicação das Instruções Reguladoras do Concurso de Admissão e Matrícula (IRCAM), pelo Departamento de Educação e Cultura do Exército (DECEx), para em seguida, lançar os editais dos concursos supracitados.

      Para mais informações:
      http://www.esfcex.ensino.eb.br e acesse o link: Concursos CFO.
      http://www.cursocidade.com.br/vagas-por-area-para-o-cfoqc-2016/

  66. Carolina Flores 28/05/2016 at 11:17 am - Responder

    Olá, sou formada em ciências biológicas bacharelado, posso ingressar no exército pelo QCO sendo bacharelado e não licenciatura em ciências biológicas?

  67. Lidiane Souza 04/06/2016 at 10:35 am - Responder

    Olá! Como fica a situação de candidata aprovada grávida? Ela fará o CFO no ano seguinte com o adiamento do EAF?
    Nesse caso, não pode engravidar durante o período do curso de formação?

    • Equipe IIC 15/06/2016 at 5:23 pm - Responder

      Prezada LIDIANE,

      Veja o extrato do Edital
      ………………
      Seção IV

      Das Prescrições Gerais para a IS e Recursos
      Art. 96. O(A) candidato(a) com deficiência visual deverá se apresentar para a IS portando a respectiva receita médica e a correção prescrita.

      Art. 97. A JISE poderá solicitar ao(à) candidato(a) qualquer outro exame que julgar necessário, cuja realização será, também, de responsabilidade do(a) próprio(a) candidato(a).

      Art. 98. O(A) candidato(a) considerado(a) “inapto(a)” pela JISE na IS poderá requerer à sua Gu Exm, Inspeção de Saúde em Grau de Recurso (ISGR), dentro do prazo de 5 (cinco) dias úteis, contados a partir da data de divulgação do resultado pela junta médica responsável. Neste caso, será orientado pelo comando da Gu Exm ou OMSE quanto aos procedimentos cabíveis. Art. 99. Não haverá segunda chamada para a IS, nem para a ISGR, quando for o caso.
      Art. 100. O(A) candidato(a) será considerado(a) desistente e eliminado do CA se, mesmo por motivo de força maior:
      I – faltar à IS, ou à ISGR, quando for o caso;
      II – não apresentar quaisquer dos laudos dos exames complementares exigidos, tanto os previstos neste edital como os que porventura tenham sido solicitados pela junta de inspeção de saúde, por ocasião da IS ou ISGR; III – não concluir a IS, ou a ISGR, quando for o caso; ou IV – deixar de requerer o adiamento do EAF, por motivo de gravidez ou com filho nascido há menos de 6 (seis) meses, dentro do prazo fixado no calendário do CA.

      Art. 101. As atas de inspeção de saúde de todos os(as) candidatos(as), sejam eles(as) aptos(as) (aprovados) ou inaptos(as) (reprovados), serão remetidas para a EsFCEx, devendo 1 (uma) via ficar no arquivo do comando da Gu Exm.

      Art. 102. As JISE deverão observar rigorosamente o correto preenchimento de todos os campos constantes das atas com os resultados das inspeções, conforme as normas que tratam desse assunto, a fim de evitar possíveis dúvidas.

      Art. 103. Os pareceres emitidos pela JISE ou Junta de Inspeção de Saúde de Recurso (JISR) deverão ser os seguintes:
      I – “apto à matrícula no CFO/QC, no ano de (ano da matrícula)”;
      II – “inapto à matrícula no CFO/QC, no ano de (ano da matrícula)”; ou
      III -“inapto para o EAF e apto para prosseguir no CA….(para a candidata grávida ou com filho nascido há menos de 6 (seis) meses).
      § 1º Será considerado eliminado(a) do CA o(a) candidato(a) que obtiver parecer “inapto” na IS ou na ISGR (se for o caso).
      § 2º A candidata que apresentar resultado positivo no teste de gravidez ou com filho nascido há menos de 6 (seis) meses deverá receber o parecer de inapto para o EAF, podendo participar das demais etapas do CA. Nesse caso, a candidata deverá requerer à sua Gu Exm, até a data de realização do EAF, o adiamento da realização do EAF, ou preencher e entregar na sua Gu Exm a declaração de desistência, conforme inciso II, do art. 126

      §3º A candidata grávida, ou com filho nascido há menos de 6 (seis) meses que não fizer a requisição do adiamento do EAF no prazo previsto no calendário do CA, ou não se declarar desistente, conforme inciso II, do art. 126, será considerada desistente e eliminada do CA. §

      4º A candidata grávida ou com filho nascido há menos de 6 (seis) meses, não declarada desistente, que requerer o adiamento do EAF, deverá prosseguir no CA, atendendo às etapas subsequentes, conforme regulado neste edital, até se tornar apta ao adiamento da matrícula, conforme previsto na Seção VI, do Capítulo VIII.

      § 5º A candidata grávida ou com filho nascido há menos de 6 (seis) meses, não declarada desistente, que requerer o adiamento do EAF, ficará desobrigada de comparecer na EsFCEx (na cidade de Salvador-BA), para revisão médica e comprovação dos requisitos para a matrícula, conforme regulado no calendário anual do CA. Nesse caso, a etapa da comprovação dos requisitos para a matrícula será considerada cumprida com a remessa das cópias autenticadas dos documentos constantes no art. 112, até a data prevista no calendário anual do CA; não isentando a apresentação dos originais, por ocasião de seu retorno ao CA, no ano seguinte, quando deverá estar apta à execução do EAF. § 6º O adiamento do EAF, por motivo de gravidez ou com filho nascido há menos de 6 (seis) meses, somente poderá ser requerido por uma única vez.
      ……………

  68. Bruno Yago 09/06/2016 at 7:34 pm - Responder

    Boa noite,pessoal,sendo civil e reservista posso fazer a prova?

    • Equipe IIC 15/06/2016 at 12:56 pm - Responder

      Prezado BRUNO,

      VEJA O EXTRATO DO EDITAL:

      CAPÍTULO II DA INSCRIÇÃO
      Seção I
      Dos Requisitos Exigidos Art. 4o O(A) candidato(a) à inscrição no CA ao CFO/QC, de ambos os sexos, deverá satisfazer aos requisitos estabelecidos nos incisos I e II a seguir, por meio de cópias legíveis (frente e verso) autenticadas em cartório, na etapa de verificação documental preliminar e devidamente comprovados, por intermédio da apresentação dos respectivos documentos originais, no momento da etapa final do CA, para efetivação da matrícula, prevista no calendário anual. I – requisitos comuns aos(às) candidatos(as) de todas as áreas objetos do CA (qualquer formação profissional):
      a) ser brasileiro nato, conforme o inciso I do art. 2º da Lei nº 12.705, de 2012;
      b) ter concluído com aproveitamento, em instituição de ensino superior, o curso de graduação na área objeto do CA, que o habilite ao exercício profissional nas áreas para as quais foram estabelecidas vagas em portaria do Estado-Maior do Exército (EME), destinadas à matrícula nos CFO/QC, e estar registrado no órgão fiscalizador da profissão a que concorre, quando existir (a participação dos tecnólogos, constante nesta alínea, fica subordinada às decisões proferidas nos autos da ACP 0001413-95.2014.4.01.3200 – TRF/1). Essas situações deverão ser comprovadas, conforme previsto no caput deste artigo, com a apresentação dos seguintes documentos:

      1. diploma na área objeto do concurso a que se referir sua inscrição, de instituições credenciadas e cursos oficialmente reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC), na forma da legislação federal que regula a matéria e devidamente registrado. Será admitido, também, o diploma emitido e registrado, com fundamento no art. 63, da Portaria Normativa nº 40-MEC, de 12 de dezembro 2007; e
      2. registro profissional expedido pelo órgão fiscalizador da profissão, quando existir.
      c) possuir no máximo 36 (trinta e seis) anos, referenciados a 31 de dezembro do ano de sua matrícula, conforme a alínea e) do inciso III do art. 3º da Lei nº 12.705, de 2012; d) se militar da ativa de Força Armada ou de Forças Auxiliares, estar classificado, nos termos do Regulamento Disciplinar do Exército, no mínimo, no comportamento “bom” ou equivalente da Força específica, conforme o inciso XI do art. 2º da Lei nº 12.705, de 2012;
      e) se ex-integrante de qualquer uma das Forças Armadas ou de Força Auxiliar, não ter sido demitido ex officio por ter sido declarado indigno para o oficialato ou com ele incompatível, excluído ou licenciado a bem da disciplina, salvo em caso de reabilitação;
      f) não ter sido considerado isento do Serviço Militar, seja por licenciamento e exclusão de organização militar a bem da disciplina, seja por incapacidade física ou mental definitiva (“Incapaz C”), condição esta a ser comprovada pelo certificado militar que recebeu; para atender a este requisito, deve possuir o Certificado de Reservista (CR), Certificado de Dispensa de Incorporação (CDI) ou Certificado de Alistamento Militar (CAM), dentro dos limites de sua validade;
      g) não ter sido julgado, em inspeção de saúde, incapaz definitivamente para o serviço do Exército, da Marinha, da Aeronáutica, da Polícia Militar ou do Corpo de Bombeiros Militar;
      h) se ex-aluno(a) de estabelecimento de ensino de formação de oficiais ou de praças do Exército, da Marinha, da Aeronáutica, da Polícia Militar ou do Corpo de Bombeiros Militar, não ter sido desligado por motivo disciplinar, tendo sido classificado, no mínimo, no comportamento “bom”, por ocasião do seu desligamento;
      i) estar em dia com suas obrigações perante o Serviço Militar e a Justiça Eleitoral, conforme o inciso VI do art. 2º da Lei nº 12.705, de 2012;
      j) ter pago a taxa de inscrição, caso não preencha os requisitos do Decreto nº 6.593, de 2 de outubro de 2008;
      k) não estar na condição de réu em ação penal, conforme o inciso IX do art. 2º da Lei nº 12.705, de 2012;
      l) não ter sido, nos últimos 5 (cinco) anos, na forma da legislação vigente: 1. responsabilizado(a) por ato lesivo ao patrimônio público, de qualquer esfera de governo, em processo disciplinar administrativo, do qual não caiba mais recurso, contado o prazo a partir da data do cumprimento da sanção; ou
      2. condenado(a) em processo criminal transitado em julgado, contado o prazo a partir da data do cumprimento da pena, conforme o inciso X do art. 2º da Lei nº 12.705, de 2012.
      m) ter, no mínimo, 1,60m (um metro e sessenta centímetros) de altura, se do sexo masculino, ou 1,55m (um metro e cinquenta e cinco centímetros) de altura, se do sexo feminino, conforme o inciso I do art. 3º da Lei nº 12.705, de 2012;
      n) possuir idoneidade moral, a ser apurada por meio de averiguação da vida pregressa do(a) candidato(a), na forma expressa neste edital, conforme o art. 11 da Lei no 6.880, de 1980 (Estatuto dos Militares); o) se do sexo feminino, não se apresentar grávida ou com filho nascido há menos de 6 (seis) meses para a realização do exame de aptidão física, a ser aplicado após a inspeção de saúde, devido à incompatibilidade desse estado com os exercícios exigidos naquela etapa do CA, devendo requerer o adiamento dessa etapa, na forma do art. 103, § 2º, deste edital. p) não estar no exercício remunerado de cargo ou emprego público federal, estadual ou municipal, conforme o inciso XVI do art. 37 da CF 1988; e q) não apresentar tatuagens que, nos termos de detalhamento constante das normas do Comando do Exército, faça alusão à ideologia terrorista ou extremista contrária às instituições democráticas, à violência, à criminalidade, à ideia ou ato libidinoso, à discriminação ou preconceito de raça, credo, sexo ou origem ou, ainda, à ideia ou ato ofensivo às Forças Armadas, conforme o inciso VIII do art. 2º da Lei nº 12.705, de 2012.

      II – requisitos particulares para a área de Psicologia – possuir o diploma de graduação em Psicologia ou diploma de graduação em curso de formação de psicólogo. § 1º Os bacharéis de Direito, aprovados no exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), que exercerem cargos ou funções incompatíveis com a advocacia, estando vedada sua inscrição na Ordem, deverão apresentar o certificado de aprovação no Exame da Ordem para Admissão no Quadro de Advogados, assinado pelo Presidente do Conselho Seccional, ou da Subseção delegada, e pelo presidente da banca examinadora da OAB. § 2º Para comprovação do requisito de não estar no exercício remunerado de cargo ou emprego público federal, estadual ou municipal, o(a) candidato(a) deverá apresentar uma declaração escrita e assinada de próprio punho, informando que não se encontrará no exercício remunerado de cargo ou emprego público federal, estadual ou municipal, na data da matrícula no CFO; e cópia da folha de Diário Oficial ou de outro documento que comprove sua situação na data de matrícula no CFO. § 3º Será admitido, também, o diploma emitido e registrado, com fundamento no art. 63, da Portaria Normativa MEC nº 40, de 12 de dezembro 2007.

      • Bruno 11/08/2016 at 5:44 pm - Responder

        Sério não me mandem o edital eu já li é só vocês responderem sim ou não vou fazer a pergunta de novo… Pode técnico em informática ou só faculdade? É muitos simples responder não precisa mandar o edital pq no edital fala curso superior não espesifica se é faculdade ou técnico também conta.

        • Equipe IIC 11/08/2016 at 6:25 pm - Responder

          Não, porém as decisões proferidas nos autos da ACP 0001413-95.2014.4.01.3200 – TRF/1 autorizam a participação dos tecnólogos.

  69. Thayla Miranda 23/06/2016 at 3:11 pm - Responder

    Boa tarde
    Sou médica veterinária e estou interessada em fazer as provas do exército, porém eu tenho 1,50m será que por 5 cm eles me cortariam do processo?

    Agradeço muito se responderem!

    • Equipe IIC 29/06/2016 at 2:13 pm - Responder

      Prezada Thayla
      O Edital estabelece como altura:
      ………….
      XIII – ter, no mínimo, 1,60m (um metro e sessenta centímetros) de altura, se do sexo masculino, ou 1,55m (um metro e cinquenta e cinco centímetros) de altura, se do sexo feminino, conforme o inciso I do art. 3º da Lei nº 12.705, de 2012;
      ………….
      Comenta-se que sendo aprovado a chance de se matricular é grande com a ajuda da Justiça.
      Att,
      Equipe Cidade

  70. Willian Moura 09/07/2016 at 4:11 pm - Responder

    Olá, equipe Curso Cidade!

    Quais são as disciplinas específicas para Contabilidade?

    Att.,

    Willian Moura

  71. Sergio Alves 28/07/2016 at 11:13 am - Responder

    Olá. Gostaria de saber se candidatos que estejam cursando o último semestre da faculdade de administração estão aptos a prestar o concurso para EsFeCEX?

    Grato.

  72. edivaldo paixao 01/08/2016 at 10:38 am - Responder

    Olá Gostaria de saber se posso concorre a vaga de informatica tenho tec. em informatica e nivel superior em Design Gráfico, e Licenciatura em Computacao..

    • Equipe IIC 11/08/2016 at 5:50 pm - Responder

      Prezado EDIVALDO,
      Essa pergunta por ser muita específica aconselhamos que seja direcionada a própria EsFCEx>

      Endereço: Rua Território do Amapá, 455 – Pituba, Salvador – BA, CEP 41830-540
      PABX: (71) 3205-8800 / FAX: (71) 3240-6163
      Horário de Expediente: segunda à quinta das 07:00h às 12:00h e 13:30h às 16:30h
      sexta das 7:00h às 12:00h

  73. allan maron 01/08/2016 at 3:53 pm - Responder

    Gostaria de saber se o oficial formado pelo EsFECx pode ser combatente? Ou atua só na área que ele é qualificado ?

    • Equipe IIC 11/08/2016 at 5:39 pm - Responder

      Prezado ALLAN,

      Conheça melhor a Profissão assistindo a nossa Aula inaugural EsFCEx 2015 – Curso Cidade no link: https://youtu.be/CGjkR-tb96s
      Att,
      Equipe Cidade

  74. Diego 13/08/2016 at 11:08 am - Responder

    Boa tarde! Já sei quais as áreas de formação necessárias para ingressar na Esfcex, mas gostaria de saber se a graduação em Administração Pública contempla e pré requisito em “Administração”. Sou graduando neste curso e tenho muito interesse em ser um oficial do exército. Grato desde já!

    • Equipe IIC 15/08/2016 at 4:25 pm - Responder

      Diego,
      Essa pergunta é muito específica e somente a Escola poderá lhe dar uma resposta definitiva.

      EsFCEX: Fale Conosco
      Endereço: Rua Território do Amapá, 455 – Pituba, Salvador – BA, CEP 41830-540
      PABX: (71) 3205-8800 / FAX: (71) 3240-6163
      Horário de Expediente: segunda à quinta das 07:00h às 12:00h e 13:30h às 16:30h
      sexta das 7:00h às 12:00h

      Att,
      Equipe e Cidade

  75. Denise Talarico 15/08/2016 at 9:57 am - Responder

    Ola, estou me formando em contabilidade, gostaria de saber se preciso apresentar a carteira do CRC. Grata.

    • Equipe IIC 15/08/2016 at 4:09 pm - Responder

      Oi DENISE,

      O Edital diz que o candidato deve ter concluído com aproveitamento, em instituição de ensino superior, o curso de graduação na área objeto do Concurso de Admissão, que o capacite ao exercício profissional nas áreas para as quais foram estabelecidas vagas em portaria do Estado-Maior do Exército (EME), destinadas à matrícula nos CFO/QC, e possuir registro no órgão fiscalizador da profissão a que concorre, quando existir. Estas situações deverão ser comprovadas, na etapa de verificação documental e comprovação dos requisitos para matrícula, pela apresentação dos seguintes documentos:
      a) diploma, na área objeto do concurso a que se refere a inscrição, de instituições credenciadas e cursos oficialmente reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC), na forma da legislação federal que regula a matéria, devidamente registrado. Admitir-se-á também, o diploma emitido e registrado com fundamento no art. 63 da Portaria Normativa nº 40-MEC, de 12 de dezembro 2007; e
      b) registro profissional expedido pelo órgão fiscalizador da profissão, quando existir.

  76. Bruno 31/08/2016 at 9:26 pm - Responder

    Eu não quero servir aos 18 mas quero fazer o qco futuramente isso prejudica? Quais cursos o qco pede? Qco é para o resto da vida?

    • Equipe IIC 01/09/2016 at 11:00 am - Responder

      Bruno,
      Você deve conseguir uma dispensa de incorporação para ter o certificado da quitação com o serviço militar.
      Mais para o futuro, depois de graduado num curso superior você poderá realizar o concurso para a Escola de Formação Complementar do Exército, onde você poderá chegar a Coronel do Exército.
      Os cursos você poderá verificar no edital que é lançado meses que antecede o concurso que ocorre normalmente no mês de Setembro de cada ano.
      Att,
      Equipe Cidade

  77. Ruan 05/09/2016 at 5:50 pm - Responder

    Gostaria que tirasse algumas duvidas!

    Gostaria de saber se posso prestar QCO sendo formado no curso de Educação Fisica?

    Outra duvida, queria saber se os cursos Tecnólogo são aceito no QCO?

  78. Henrique Anunciação 23/09/2016 at 9:37 am - Responder

    sou formado em Processos gerenciais, gostaria de saber se posso prestar o concurso ?

  79. Thaysa 25/09/2016 at 12:01 am - Responder

    Olá boa noite, tenho dúvidas. Quem possui o curso licenciatura em geografia pode tentar o concurso ?

    • Equipe IIC 29/09/2016 at 8:09 pm - Responder

      Prezada THAYSA,

      Vai depender da abertura de vagas e isso só vamos saber no final do ano, quando publicarem o número de vagas.
      Att,
      Equipe Cidade

  80. Gabriella heluy 17/10/2016 at 1:14 pm - Responder

    A graduação em economia apta o candidato a concorrer a uma vaga na area de contabilidade e/ou administração?

    • Equipe IIC 24/10/2016 at 10:06 pm - Responder

      Prezada Futura Tenente GABRIELLA,

      Seção I

      Dos Requisitos Exigidos
      Art. 4o O(A) candidato(a) à inscrição no CA ao CFO/QC, de ambos os sexos, satisfará aos requisitos listados neste artigo, comprovando-os por meio de cópias legíveis (frente e verso) autenticadas em cartório, na etapa de verificação documental preliminar, e por intermédio da apresentação dos respectivos documentos originais, na etapa final do CA, no momento da efetivação da matrícula, prevista no calendário anual.
      I – ser brasileiro nato, conforme o inciso I do art. 2º da Lei nº 12.705, de 2012;

      II – ter concluído com aproveitamento, em instituição de ensino superior, o curso de graduação na área objeto do CA, que o capacite ao exercício profissional nas áreas para as quais foram estabelecidas vagas em portaria do Estado-Maior do Exército (EME), destinadas à matrícula nos CFO/QC, e possuir registro no órgão fiscalizador da profissão a que concorre, quando existir (a participação dos tecnólogos, constante neste inciso, fica subordinada às decisões proferidas nos autos da ACP 0001413-95.2014.4.01.3200 – TRF/1). Estas situações deverão ser comprovadas, na etapa de verificação documental e comprovação dos requisitos para matrícula, pela apresentação dos seguintes documentos:

      a) diploma, na área objeto do concurso a que se refere a inscrição, de instituições credenciadas e cursos oficialmente reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC), na forma da legislação federal que regula a matéria, devidamente registrado. Admitir-se-á também, o diploma emitido e registrado com fundamento no art. 63 da Portaria Normativa nº 40-MEC, de 12 de dezembro 2007; e b) registro profissional expedido pelo órgão fiscalizador da profissão, quando existir.

  81. Gabriel 23/10/2016 at 1:51 pm - Responder

    Creio que a minha dúvida é a de muitos aqui. O candidato que tem graduação em economia, pode prestar o concurso do QCO para contabilidade?

    • Equipe IIC 20/12/2016 at 9:42 pm - Responder

      Gabriel,
      Infelizmente não pode:
      Veja o que diz o Edital:

      II – ter concluído com aproveitamento, em instituição de ensino superior, o curso de graduação na área objeto do CA, que o capacite ao exercício profissional nas áreas para as quais foram estabelecidas vagas em portaria do Estado-Maior do Exército (EME), destinadas à matrícula nos CFO/QC, e possuir registro no órgão fiscalizador da profissão a que concorre, quando existir (a participação dos tecnólogos, constante neste inciso, fica subordinada às decisões proferidas nos autos da ACP 0001413-95.2014.4.01.3200 – TRF/1). Estas situações deverão ser comprovadas, na etapa de verificação documental e comprovação dos requisitos para matrícula, pela apresentação dos seguintes documentos:
      a) diploma, na área objeto do concurso a que se refere a inscrição, de instituições credenciadas e cursos oficialmente reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC), na forma da legislação federal que regula a matéria, devidamente registrado. Admitir-se-á também, o diploma emitido e registrado com fundamento no art. 63 da Portaria Normativa nº 40-MEC, de 12 de dezembro 2007;

      Att,
      Equipe Cidade

  82. Dilson de Oliveira Junior 24/10/2016 at 9:02 am - Responder

    Prezada Equipe IIC

    Gostaria de saber se, no caso do QCO de Direito, basta apresentar tão-somente o certificado de aprovação no Exame da Ordem.
    Isto é, não preciso estar inscrito na OAB?

    Agradeço desde já.

    • Equipe IIC 20/12/2016 at 9:32 pm - Responder

      Caro DILSON,
      Veja o que diz o Edital do Concurso:

      § 1º Os bacharéis de Direito, aprovados no exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), que exercerem cargos ou funções incompatíveis com a advocacia, estando vedada sua inscrição na Ordem, deverão apresentar o certificado de aprovação no Exame da Ordem para Admissão no Quadro de Advogados, assinado pelo Presidente do Conselho Seccional, ou da Subseção delegada, e pelo presidente da banca examinadora da OAB. § 2º Para comprovação do requisito de não estar no exercício remunerado de cargo ou emprego público federal, estadual ou municipal, o(a) candidato(a) deverá apresentar uma declaração escrita e assinada de próprio punho, informando não exercer cargo ou emprego público federal, estadual ou municipal remunerado, na data da matrícula e cópia da folha de Diário Oficial ou de outro documento válido que comprove sua situação na data de matrícula no CFO.

      Att,
      Equipe Cidade

  83. IAGO MATEUS WAGNER DE CASTRO 26/10/2016 at 5:04 pm - Responder

    Estou fazendo tecnólogo em Analises Desenvolvimento de Sistemas, quando me formar posso realizar a EsFCEx?

    • Equipe IIC 20/12/2016 at 9:29 pm - Responder

      Prezado IAGO,

      CAPÍTULO II
      DA INSCRIÇÃO
      Seção I
      Dos Requisitos Exigidos

      Art. 4o
      I –
      II – ter concluído com aproveitamento, em instituição de ensino superior, o curso de graduação na área objeto do CA, que o capacite ao exercício profissional nas áreas para as quais foram estabelecidas vagas em portaria do Estado-Maior do Exército (EME), destinadas à matrícula nos CFO/QC, e possuir registro no órgão fiscalizador da profissão a que concorre, quando existir (a participação dos tecnólogos, constante neste inciso, fica subordinada às decisões proferidas nos autos da ACP 0001413-95.2014.4.01.3200 – TRF/1). Estas situações deverão ser comprovadas, na etapa de verificação documental e comprovação dos requisitos para matrícula, pela apresentação dos seguintes documentos:

      Att,
      Equipe Cidade

  84. Paulo Frederico 03/11/2016 at 10:22 pm - Responder

    Sou Tecnólogo em Gestão da Tecnologia da Informação, gostaria de saber se a idade limite 36 anos refere-se ao ANO DA PROVA ou ao DO CURSO, pois se eu fizer a prova com 36 anos farei o curso NO OUTRO ANO com 37 pois faço aniversário em janeiro (dia 17). Posso fazer a prova com 36 e o curso com 37 anos???

    • Equipe IIC 14/11/2016 at 4:46 pm - Responder

      Prezado PAULO,
      II – ter concluído com aproveitamento, em instituição de ensino superior, o curso de graduação na área objeto do CA, que o capacite ao exercício profissional nas áreas para as quais foram estabelecidas vagas em portaria do Estado-Maior do Exército (EME), destinadas à matrícula nos CFO/QC, e possuir registro no órgão fiscalizador da profissão a que concorre, quando existir (a participação dos tecnólogos, constante neste inciso, fica subordinada às decisões proferidas nos autos da ACP 0001413-95.2014.4.01.3200 – TRF/1). Estas situações deverão ser comprovadas, na etapa de verificação documental e comprovação dos requisitos para matrícula, pela apresentação dos seguintes documentos:
      II – …….
      III – possuir no máximo 36 (trinta e seis) anos, referenciados a 31 de dezembro do ano de sua matrícula, conforme a alínea “e” do inciso III do art. 3º da Lei nº 12.705, de 2012;

      Att,
      Equipe Cidade

  85. Tatiane 23/11/2016 at 12:21 pm - Responder

    Eu sou formada em engenharia de produção e posso concorrer a uma vaga de adm?!

    • Equipe IIC 26/11/2016 at 6:46 pm - Responder

      Prezada TATIANE,

      Aconselhamos que esta pergunta seja direcionada à Divisão de Concursos da Escola de Formação Complementar do Exército (EsFCEx) por meio do e-mail divconc@esfcex.ensino.eb.br

  86. Arthur Brasil Alves 03/12/2016 at 8:51 pm - Responder

    Um Sargento das FFAA ao passar na prova da EsFCEx continua Militar de Carreira e se transforma num Oficial permanente ou a fazer a prova ele se torna apenas um Oficial temporário?

    • Equipe IIC 20/12/2016 at 9:16 pm - Responder

      Caro ARTHUR,
      O militar aprovado, matriculado e concludente do curso de formação de oficiais, passa para o Quadro Complementar de Oficiais do Exército como 1º Tenente de Carreira podendo chegar a Coronel.
      Att,
      Equipe Cidade

  87. Bruno Antonio 07/12/2016 at 5:02 pm - Responder

    Boa tarde , sou formado em analise e desenvolvimento de sistemas (técnologo), posso concluir a vaga ?

  88. TIMOTEO 17/12/2016 at 1:07 am - Responder

    Em caso de Oficial temporario e que possui cursos operacionais, caso ele passe na ESFCEX, podera utiliza-los na farda? ex.: Breve de Montanha, Blindados…
    E um dia serei do QCO, sonho com isso!!!

    • Equipe IIC 20/12/2016 at 9:02 pm - Responder

      Oi TIMOTEO,
      Com certeza, pois o que você conquistou é seu e poderá usá-lo em suas fardas com tudo orgulho.
      Att,
      Equipe Cidade

  89. Gabriel Leite 04/01/2017 at 5:55 pm - Responder

    Boa tarde, gostaria de saber se graduação em AGRONOMIA pode concorrer as vagas para a Esfcex?

    • Equipe IIC 04/01/2017 at 9:53 pm - Responder

      Infelizmente não consta das áreas oferecidas pelo Exército.
      Att,
      Equipe Cidade

      • fernando 04/01/2017 at 10:07 pm - Responder

        Ja saiu as vagas no BE para o concurso 17/18?

        • Equipe IIC 06/01/2017 at 7:19 pm - Responder

          Prezado Futuro Tenente FERNANDO,

          COM RELAÇÃO A DIVULGAÇÃO DAS VAGAS PARA O CONCURSO DA ESFCEX A PUBLICAÇÃO É FEITA NORMALMENTE EM ABRIL, EXCEPCIONALMENTE PARA 2016 PUBLICARAM EM DEZEMBRO DE 2015.

          VEJA:
          VAGAS PARA 2017 = AGUARDANDO A PUBLICAÇÃO

          VAGAS PARA 2016
          A Portaria Nº 335-EME, de 17 de dezembro de 2015, Fixou o número de vagas para o CFO/QC PARA 2016.
          OBSERVE QUE A PUBLICAÇÃO FOI ANTECIPADA, PORQUE NORMALMENTE SAIA EM ABRL CHEGANDO A SER PUBLICADO EM MAIO COMO OCORREU PARA O ANO DE 2011.
          VAGAS PARA 2015
          A Separata ao Boletim do Exército n° 17, 24 de abril de 2015, publicou a Portaria nº 85-EME, de 14 Abr 15, que fixa o total de vagas do Planejamento dos Cursos e Estágios Gerais no Exército Brasileiro para 2015 nas seguintes áreas abaixo

          VAGAS PARA 2014
          O Boletim do Exército n° 14, de 04 de abril de 2014, publicou a Portaria nº 57-EME, de 1º Abr 14, que fixa o total de vagas do Planejamento dos Cursos e Estágios Gerais no Exército Brasileiro para 2014 nas seguintes áreas abaixo.
          VAGAS PARA 2013
          O Boletim do Exército n° 15, de 12 de abril de 2013, publicou a Portaria nº 40-EME, de 3 Abr 13, que fixa o total de vagas do Planejamento dos Cursos e Estágios Gerais no Exército Brasileiro para 2013 nas seguintes áreas abaixo.

          VAGAS PARA 2012
          O Boletim do Exército n° 16, de 20 de abril de 2012, publicou a Portaria nº 39-EME, de 12 Abr 12, que fixa o total de vagas do Planejamento dos Cursos e Estágios no EB para 2012.
          VAGAS PARA 2011
          O Boletim do Exército n° 19, de 13 de maio de 2011, publicou a Portaria nº 33, do EME, que trata sobre distribuição de vagas para o Processo Seletivo ao CFO/QCO, de CFO Farm , CFO Dent e do EIA/QCM para 2011.

  90. Ramon Marques 04/01/2017 at 9:15 pm - Responder

    Olá gostaria de saber se depois de concluir o curso e ser encaminhado para minha respectiva OM poderei pleitear cursos operacionais como montanha, CIGS (guera na selva) entre outros. Obrigado

    • Equipe IIC 07/01/2017 at 12:36 pm - Responder

      Caro Ramon,
      Os Oficiais do QCO tem uma missão voltada para as suas especialidade e não para a parte operacional, por essa razão é um pouco difícil o requerimento de cursos para Oficiais do QCO serem aceitos.
      Att,
      Equipe Cidade

  91. Paulo 23/01/2017 at 9:32 am - Responder

    Bom dia;

    Estava lendo o edital do QCO 2016 e na parte de saúde solicita exame de Hepatite B e C.
    Possuo hepatite C e no edital não fala nada sobre estar INAPTO POR POSSUIR EPATITE, apenas pede o exame.

    “XI – sorologia para hepatite B (contendo, no mínimo, HBsAg e Anti-HBc) e hepatite C;”

    Gostaria de saber se, por possuir hepatite C, estou inapto ao QCO (ESFCEX), mesmo que passe em todas as etapas?

  92. Leonardo 13/03/2017 at 10:37 am - Responder

    Boa Tarde.Eu sei que dar uma noticia nesse grau de relevância para o curso é ruim, mas infelizmente conversando com os Oficiais do Batalhão em que sirvo informaram que o QCO iria ser extinto e iriam utilizar Oficiais que já teria especialização na área para cobrir esses quadros.O Oficial poderia optar, caso fosse graduado na área…. Alguém sabe de alguma coisa sobre tal assunto ou sabe e não está autorizado informar.

    • Equipe IIC 17/03/2017 at 9:26 pm - Responder

      Prezado LEONARDO,
      O que sabemos é que o número de vagas para o concurso deste ano já foi encaminhado a SGEx para publicação no BE.
      Att,
      Equipe Cidade

  93. Miterran Santos 21/03/2017 at 4:09 pm - Responder

    Na formação do QCO, o aluno poderá além de forma-se na área especifica, poderá realizar mais cursos organizados pelo Exército, tipo Infantaria, Comandos, PQD?

    • Equipe IIC 30/03/2017 at 7:52 pm - Responder

      Miterran,

      Esses cursos operacionais são destinados aos oficiais da diversas armas.
      Att,
      Equipe Cidade

  94. ILSON LACERDA 23/03/2017 at 9:45 pm - Responder

    Boa noite, gostaria de saber se graduação em GEOGRAFIA pode concorrer as vagas para a Esfcex?

  95. David Martins 31/03/2017 at 11:59 am - Responder

    Bom dia amigos, sonho em ser militar de carreira no EB dês de pequeno… Meu sonho hoje é Esfcex!! Porém hoje estou me graduando em Tecnologia em Processos Gerênciais, será que poderia concorrer pelas vagas de Administração?

    • Rafael 20/07/2017 at 10:01 pm - Responder

      Também sou graduado em Processos Gerenciais. Posso concorrer as vagas de administração?

      • Equipe IIC 31/07/2017 at 12:35 pm - Responder

        Prezado Futuro Tenente RAFAEL,
        Veja o que diz o Ediatal a respeito da sua pergunta:

        II – ter concluído com aproveitamento, em instituição de ensino superior, o curso de
        graduação na área objeto do CA, que o capacite ao exercício profissional nas áreas para as quais foram
        estabelecidas vagas em portaria do Estado-Maior do Exército (EME), destinadas à matrícula no
        CFO/QC, e possuir registro no órgão fiscalizador da profissão a que concorre, quando existir. A
        participação dos tecnólogos, constante neste inciso, fica subordinada às decisões proferidas nos autos da
        ACP 0001413-95.2014.4.01.3200 – TRF/1. Estas situações deverão ser comprovadas, na etapa de
        verificação documental e comprovação dos requisitos para matrícula, pela apresentação dos seguintes
        documentos:
        a) diploma, na área objeto do concurso a que se refere a inscrição, de instituições
        credenciadas e cursos oficialmente reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC), na forma da
        legislação federal que regula a matéria, devidamente registrado. Admitir-se-á também, o diploma
        emitido e registrado com fundamento no art. 63 da Portaria Normativa nº 40-MEC, de 12 de dezembro
        2007; e
        b) registro profissional expedido pelo órgão fiscalizador da profissão, quando existir.

  96. FRANCISCO 02/04/2017 at 4:36 pm - Responder

    Quero muito um dia ser oficial do exercito. No momento trabalho num batalhão de engenharia de construção como cabo temporário padioleiro. Estou cursando graduação em Enfermagem e quando me formar espero que esse concurso ainda esteja disponível.

    • Equipe IIC 07/04/2017 at 7:41 pm - Responder

      Prezado FRANJCISCO,

      O Edital diz que o candidato tem ter concluído com aproveitamento, em instituição de ensino superior, o curso de graduação na área objeto do CA, que o capacite ao exercício profissional nas áreas para as quais foram estabelecidas vagas em portaria do Estado-Maior do Exército (EME), destinadas à matrícula nos CFO/QC, e possuir registro no órgão fiscalizador da profissão a que concorre, quando existir (a participação dos tecnólogos, constante neste inciso, fica subordinada às decisões proferidas nos autos da ACP 0001413-95.2014.4.01.3200 – TRF/1). Estas situações deverão ser comprovadas, na etapa de verificação documental e comprovação dos requisitos para matrícula, pela apresentação dos seguintes documentos:
      a) diploma, na área objeto do concurso a que se refere a inscrição, de instituições credenciadas e cursos oficialmente reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC), na forma da legislação federal que regula a matéria, devidamente registrado. Admitir-se-á também, o diploma emitido e registrado com fundamento no art. 63 da Portaria Normativa nº 40-MEC, de 12 de dezembro 2007; e b) registro profissional expedido pelo órgão fiscalizador da profissão, quando existir.

      Att,
      Equipe Cidade

  97. Marco Aurélio 04/04/2017 at 12:56 pm - Responder

    Eu gostaria de saber se o curso de Licenciatura em informatica é valido para o concurso?

    • Equipe IIC 07/04/2017 at 7:32 pm - Responder

      Prezado MARCO AURÉLIO,

      O Edital diz que o candidato tem ter concluído com aproveitamento, em instituição de ensino superior, o curso de graduação na área objeto do CA, que o capacite ao exercício profissional nas áreas para as quais foram estabelecidas vagas em portaria do Estado-Maior do Exército (EME), destinadas à matrícula nos CFO/QC, e possuir registro no órgão fiscalizador da profissão a que concorre, quando existir (a participação dos tecnólogos, constante neste inciso, fica subordinada às decisões proferidas nos autos da ACP 0001413-95.2014.4.01.3200 – TRF/1). Estas situações deverão ser comprovadas, na etapa de verificação documental e comprovação dos requisitos para matrícula, pela apresentação dos seguintes documentos:
      a) diploma, na área objeto do concurso a que se refere a inscrição, de instituições credenciadas e cursos oficialmente reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC), na forma da legislação federal que regula a matéria, devidamente registrado. Admitir-se-á também, o diploma emitido e registrado com fundamento no art. 63 da Portaria Normativa nº 40-MEC, de 12 de dezembro 2007; e b) registro profissional expedido pelo órgão fiscalizador da profissão, quando existir.

      Att,
      Equipe Cidade

  98. alamjhonny 22/04/2017 at 4:22 pm - Responder

    Diz q informaica entra mas nao fala qual curso.

    analista de sistema ou ciencia da computação??

    • Equipe IIC 28/04/2017 at 9:52 pm - Responder

      Vale qualquer curso de informática.

  99. Gabriel 22/04/2017 at 7:18 pm - Responder

    Boa noite Senhores, o Edital não especifica o curso mas diz que é necessário ser bacharel,no caso de informática, pode ser qualquer curso na área de informática desde que seja bacharel? sou formado sem sistema de informação e segurança da informação, gostaria de saber se com o meu curso de sistema de informação eu posso prestar para o concurso na área de informática
    obrigado!

  100. Paulo Frederico 01/05/2017 at 5:52 pm - Responder

    Tecnólogo em Gestão da Tecnologia da Informação pode concorrer às vagas de informática?

    • Equipe IIC 08/05/2017 at 3:51 pm - Responder

      Prezado PAULO,

      Veja o que diz o Edital:
      II – ter concluído com aproveitamento, em instituição de ensino superior, o curso de graduação na área objeto do CA, que o capacite ao exercício profissional nas áreas para as quais foram estabelecidas vagas em portaria do Estado-Maior do Exército (EME), destinadas à matrícula nos CFO/QC, e possuir registro no órgão fiscalizador da profissão a que concorre, quando existir (a participação dos tecnólogos, constante neste inciso, fica subordinada às decisões proferidas nos autos da ACP 0001413-95.2014.4.01.3200 – TRF/1). Estas situações deverão ser comprovadas, na etapa de verificação documental e comprovação dos requisitos para matrícula, pela apresentação dos seguintes documentos:
      a) diploma, na área objeto do concurso a que se refere a inscrição, de instituições credenciadas e cursos oficialmente reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC), na forma da legislação federal que regula a matéria, devidamente registrado. Admitir-se-á também, o diploma emitido e registrado com fundamento no art. 63 da Portaria Normativa nº 40-MEC, de 12 de dezembro 2007; e b) registro profissional expedido pelo órgão fiscalizador da profissão, quando existir. III

  101. Bruno 08/06/2017 at 9:03 pm - Responder

    Pode ser o curso Redes de Computadores? ele é tecnólogo mas válido como superior.. tem isso?

    • Equipe IIC 21/06/2017 at 10:16 pm - Responder

      Prezado BRUNO,

      segundo o Edital abaixo, vale qualquer curso da área de TI.

      II – ter concluído com aproveitamento, em instituição de ensino superior, o curso de graduação na área objeto do CA, que o capacite ao exercício profissional nas áreas para as quais foram estabelecidas vagas em portaria do Estado-Maior do Exército (EME), destinadas à matrícula nos CFO/QC, e possuir registro no órgão fiscalizador da profissão a que concorre, quando existir (a participação dos tecnólogos, constante neste inciso, fica subordinada às decisões proferidas nos autos da ACP 0001413-95.2014.4.01.3200 – TRF/1). Estas situações deverão ser comprovadas, na etapa de verificação documental e comprovação dos requisitos para matrícula, pela apresentação dos seguintes documentos:

      a) diploma, na área objeto do concurso a que se refere a inscrição, de instituições credenciadas e cursos oficialmente reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC), na forma da legislação federal que regula a matéria, devidamente registrado. Admitir-se-á também, o diploma emitido e registrado com fundamento no art. 63 da Portaria Normativa nº 40-MEC, de 12 de dezembro 2007; e

      b) registro profissional expedido pelo órgão fiscalizador da profissão, quando existir.

      Att,
      Equipe Cidade

  102. Diego 12/06/2017 at 1:05 pm - Responder

    O curso de tecnólogo em Web design e programação é aceito para as vagas de informática?

    • Equipe IIC 21/06/2017 at 10:13 pm - Responder

      Prezado DIEGO,
      segundo o Edital abaixo, vale qualquer curso da área de TI.

      II – ter concluído com aproveitamento, em instituição de ensino superior, o curso de graduação na área objeto do CA, que o capacite ao exercício profissional nas áreas para as quais foram estabelecidas vagas em portaria do Estado-Maior do Exército (EME), destinadas à matrícula nos CFO/QC, e possuir registro no órgão fiscalizador da profissão a que concorre, quando existir (a participação dos tecnólogos, constante neste inciso, fica subordinada às decisões proferidas nos autos da ACP 0001413-95.2014.4.01.3200 – TRF/1). Estas situações deverão ser comprovadas, na etapa de verificação documental e comprovação dos requisitos para matrícula, pela apresentação dos seguintes documentos:

      a) diploma, na área objeto do concurso a que se refere a inscrição, de instituições credenciadas e cursos oficialmente reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC), na forma da legislação federal que regula a matéria, devidamente registrado. Admitir-se-á também, o diploma emitido e registrado com fundamento no art. 63 da Portaria Normativa nº 40-MEC, de 12 de dezembro 2007; e

      b) registro profissional expedido pelo órgão fiscalizador da profissão, quando existir.

      Att,
      Equipe Cidade

  103. Junior 27/06/2017 at 11:20 am - Responder

    Posso concorrer a uma vaga neste concurso com diploma de tecnólogo?Resposta: Não, conforme consulta feita ao MEC, o contratante tem autonomia para decidir a qualificação do servidor que busca. E neste concurso, conforme previsto no edital os títulos exigidos são de formação específica em licenciatura para as áreas do Magistério, ou bacharelado para as demais áreas.

    Com isso a decisão judicial para os tecnologos não será validar para esse concurso ?

    • Equipe IIC 07/07/2017 at 2:08 pm - Responder

      MPF/AM quer a participação de tecnólogos em concursos para oficiais do Exército

      3.2.2014 – Ação civil pública foi proposta para garantir a isonomia nas seleções, já que o curso de tecnólogo é considerado de nível superior pela Lei de Diretrizes e Bases.
      O Ministério Público Federal no Amazonas (MPF/AM) entrou com ação civil pública para que o Exército permita a participação de candidatos com curso superior de tecnólogo em concursos de admissão para o quadro complementar de oficiais.
      A ação foi proposta após apuração de irregularidades no edital do Concurso de Admissão 2013 para o Quadro Complementar de Oficiais do Exército (QCO), que exigia, como requisito para investidura no cargo de oficial, nível superior completo em qualquer área de graduação, mas restringia a possibilidade de ingresso apenas para os graduados em licenciatura e bacharelado, sem mencionar a possibilidade de participação de tecnólogos.
      Em outubro de 2013, o MPF/AM expediu recomendação para que o Exército permitisse a todos os candidatos que preenchessem os requisitos legais a participação no concurso, inclusive os que possuíssem curso de tecnólogo, a fim de que futuras discriminações fossem evitadas.
      O Exército respondeu informando que considerava que o conhecimento adquirido em curso de tecnólogo se dava em apenas um nicho de determinada área e não era amplo e generalista como o de bacharelado ou licenciatura.
      Para o MPF, a exclusão de tecnólogos dos concursos do Exército não possui amparo constitucional e legal, constituindo-se em tratamento preconceituoso dispensado a estes profissionais, reproduzindo entendimento equivocado de que esta formação seria inferior às demais.
      De acordo com a Lei nº 9.394/96 (Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional), a educação tecnológica é uma espécie de graduação e de pós-graduação, sendo o tecnólogo um profissional com nível superior de educação.
      “O Exército, ao excluir os tecnólogos da concorrência por entender que a aprendizagem destes é pouco abrangente, incorre em sério equívoco e preconceito, mostrando desconhecer as atuais bases do ensino tecnológico, desrespeitando formações que são, por natureza, diferentes, mas não inferiores ao bacharelado, afrontando o princípio da isonomia”, afirmou o procurador da República Alexandre Jabur.
      O MPF aponta ainda que a participação de tecnólogos no concurso não exclui a possibilidade de exigência de matérias diversas das tipicamente ensinadas nos cursos de tecnologia, prática comum em concursos públicos para os mais diversos cargos, onde são cobrados do candidato conhecimentos que não necessariamente foram estudados na graduação.
      Desta forma, segundo o procurador, o Exército garantirá a todos acesso igualitário aos cargos públicos que oferece, de forma razoável e legal, e selecionará pessoas suficientemente aptas ao exercício das atividades inerentes aos cargos, já que, como em qualquer concurso, a aprovação depende da demonstração de conhecimentos mínimos nas matérias cobradas.
      Na ação civil pública, o MPF pede que a Justiça Federal determine, em caráter liminar, que o Exército permita a participação dos tecnólogos nos próximos concursos, destacando que a urgência no atendimento do pedido está relacionada à necessidade de que as regras das seleções futuras estejam definidas o quando antes para que os interessados em ingressar na carreira militar possam dispor de tempo para a preparação.
      O MPF pede também que a União seja condenada a pagar multa de, pelo menos, R$ 100 mil por dia, em caso de descumprimento.
      A ação tramita na 3ª Vara Federal no Amazonas, sob o nº 1413-95.2014.4.01.3200.

      Assessoria de Comunicação
      Procuradoria da República no Amazonas
      (92) 2129-4743 / 4661
      ascom@pram.mpf.gov.br
      twitter.com/MPF_AM

      fonte: http://www.pram.mpf.mp.br/news/mpf-am-quer-a-participacao-de-tecnologos-em-concursos-para-oficiais-do-exercito

  104. Júnior 28/06/2017 at 3:04 pm - Responder

    Boa tarde!
    Gostaria de saber se para concorrer às vagas é necessário ser militar da ativa? por último, eu vou começar a cursar ADm, após formado, me dá garantia de participar deste certame?

    • Equipe IIC 12/07/2017 at 9:00 pm - Responder

      Prezado JUNIOR, não é necessário ser militar para concorrer a uma vaga na EsFCEX.

      As matrículas poderão ser realizadas a partir de 1º de Junho de cada ano para o Concurso, e ganharão de Brinde os módulos em que o alunos estiver matriculado para o ano seguinte, além do direito de acompanhar as aulas de Revisão Final do curso que estiver em andamento e permanecer na Plataforma até cinco dias após a realização do Concurso que ocorre, normalmente, no mês de Setembro do ano seguinte (2018), podendo estudar os conteúdos ministrados nos anos de 2017, 2016, 2015, 2014, 2013 e 2012 até o início do novo Curso que ocorrerá na 1ª semana de Fevereiro de 2018, assim todos que realizarem a matrícula a partir de 1 de Junho até 31 de Janeiro serão matriculados no curso que iniciará na primeira semana de Fevereiro, sem nenhum custo adicional. Como já é sabido, todas as aulas serão gravadas, para a montagem do Curso EAD, e serão transmitidas em tempo real na Plataforma de Ensino, como brinde, sempre que as condições técnicas permitirem.
      O preço será o mesmo cobrado em 2017, isto é: – até 12 x R$ 248,85 curso completo com Conhecimentos Gerias com Inglês ou Espanhol e a Específica de Contabilidade e até 12 x R$ 264,66 com mais o módulo de Provas Resolvidas, opcional!
      Ex-alunos, militares, dependentes de militares e alunos matriculados em 2017 em outros cursinhos para a EsFCEx (com comprovação) terão 15% de desconto – de 12 x R$ 248,85 vai sair por 12 x R$ 211,52 e de – de 12 x R$ 261,66 vai sair por 12 x R$ 224,96, opcional.
      Faça sua pré-matrícula no site http://www.cursocidade.com.br
      Para receber mais informações!
      WhatsApp (61) 98175-4509 / 99975-4464

      NOSSO OBJETIVO É A SUA APROVAÇÃO, NÃO ESQUEÇA!!!
      Att,
      Equipe Cidade

  105. Mauricio de Souza Batista 03/07/2017 at 11:45 am - Responder

    Estou me formando em Direito e gostaria de preciso da carteirinha da OAB ou apenas o curso de Direito já basta. GRATO !!!

    • Equipe IIC 07/07/2017 at 2:04 pm - Responder

      Prezado MAURÍCIO,

      Segundo o Edital publicado dia 28 Jun 17 os bacharéis de Direito, aprovados no exame da Ordem dos Advogados do Brasil
      (OAB), que exercerem cargos ou funções incompatíveis com a advocacia, estando vedada sua inscrição
      na Ordem, deverão apresentar o certificado de aprovação no Exame da Ordem para Admissão no
      Quadro de Advogados, assinado pelo Presidente do Conselho Seccional, ou da Subseção delegada, e
      pelo presidente da banca examinadora da OAB.

      Att,
      Equipe Cidade

    • Equipe IIC 12/07/2017 at 8:55 pm - Responder

      Prezado MAURÍCIO,

      Segundo o Edital publicado dia 28 Jun 17 os bacharéis de Direito, aprovados no exame da Ordem dos Advogados do Brasil
      (OAB), que exercerem cargos ou funções incompatíveis com a advocacia, estando vedada sua inscrição
      na Ordem, deverão apresentar o certificado de aprovação no Exame da Ordem para Admissão no
      Quadro de Advogados, assinado pelo Presidente do Conselho Seccional, ou da Subseção delegada, e
      pelo presidente da banca examinadora da OAB.

      Att,
      Equipe Cidade

      Faça sua pré-matrícula no site http://www.cursocidade.com.br
      Para receber mais informações!
      WhatsApp (61) 98175-4509 / 99975-4464

      NOSSO OBJETIVO É A SUA APROVAÇÃO, NÃO ESQUEÇA!!!

      Att,
      Equipe Cidade

  106. Marcos 14/07/2017 at 1:34 pm - Responder

    Prezados,

    para efeito de confirmação, completo 36 em novembro deste ano. Posso realizar o processo?

    As vagas oferecidas no “Concurso de Admissão/2017 para no Curso de Formação de Oficiais do Quadro Complementar em 2018, são temporárias ou efetivas?

    Um candidato se aprovado, exercerá suas funções no local onde prestará o concurso? Por exemplo, um candidato realizando a prova para Bibliotecário em BH, será lotado em BH?

    Grato

    • Equipe IIC 23/07/2017 at 12:27 pm - Responder

      Prezado MARCOS,
      O candidato terá que estar com no máximo 36 anos no dia 31 Dez do ano da matrícula na EsFCEX que vai ocorrer no ano seguinte a realização do Concurso que ocorre em Set de cada ano.
      As vagas oferecidas é para Oficial de Carreira que vai de 1º Tenente a Coronel.
      A lotação do Oficial se dará por escolha da Organização Militar, segundo a classificação do Oficial na Turma de Formação.
      Att,
      Equipe Cidade

  107. Claudio Toledo 30/07/2017 at 3:46 pm - Responder

    Eu tava querendo fazer EsA e dps que me formar terminar a faculdade e prestar concurso pra EsFCex… posso fazer isto? Ou depois de ser um sargento das armas não posso fazer esfcex ?

    • Equipe IIC 31/07/2017 at 12:24 pm - Responder

      Prezado Futuro Tenente Claudio,
      Pode fazer a EsPCEx depois de ser Sargento sim!
      Veja os requisitos do edital

      a. Requisitos exigidos
      O(A) candidato(a) à inscrição no concurso de admissão aos Cursos de Formação de Sargentos do Exército deverá satisfazer os seguintes requisitos, a serem comprovados até a data da matrícula:
      1) ser brasileiro(a) nato(a) ou naturalizado(a), conforme o inciso I do art. 2º da Lei nº 12.705, de 2012;
      2) ter concluído o ensino médio em Estb Ens reconhecido oficialmente, apresentando, no ato da matrícula, certificado de conclusão devidamente registrado nos órgãos competentes, na forma da legislação federal que regula a matéria. Se estiver cursando a última série desse nível escolar (3ª série) no ano da inscrição para o concurso, somente será habilitado(a) à matrícula se concluí-la com aproveitamento, antes do encerramento do CA, conforme o inciso I do art. 3º da Lei nº 12.705, de 2012;
      3) possuir no mínimo, 17 (dezessete) e, no máximo, 24 (vinte e quatro) anos de idade, sendo que, para as áreas de saúde e música, a idade máxima será de 26 (vinte e seis) anos de idade. Para todas as áreas as idades serão referenciadas a 31 de dezembro do ano da matrícula, conforme inciso III do art. 3º da Lei nº 12.705, de 2012;
      4) se militar da ativa de Força Armada ou de Forças Auxiliares, estar classificado(a), nos termos do Regulamento Disciplinar do Exército, no mínimo, no comportamento “bom” ou equivalente na Força específica, conforme o inciso XI do art. 2º da Lei nº 12.705, de 2012;
      10
      5) não ter sido julgado(a), em inspeção de saúde (IS), “incapaz definitivamente” para o serviço ativo do Exército, da Marinha, da Aeronáutica, de Polícia Militar ou de Corpo de Bombeiros Militar;
      6) estar em dia com suas obrigações perante o Serviço Militar e a Justiça Eleitoral, quando aplicável, conforme o inciso VI do art. 2º da Lei nº 12.705, de 2012;
      7) ter pago a Guia de recolhimento da União (GRU), preenchida com seus dados, referente à taxa de inscrição, se dela não estiver isento;
      8) se ex-integrante de qualquer uma das Forças Armadas ou de Força Auxiliar, não ter sido demitido(a) ex-officio por ter sido declarado(a) indigno(a) para o oficialato ou com ele incompatível, excluído(a) ou licenciado(a) a bem da disciplina, salvo em caso de reabilitação;
      9) não ser oficial, aspirante-a-oficial ou guarda-marinha que esteja na ativa das Forças Armadas ou das Forças Auxiliares, podendo ser oficial da reserva não-remunerada (de 2ª classe, temporário);
      10) se do sexo masculino, ter, no mínimo, 1,60m (um metro e sessenta centímetros) de altura, sendo que esta limitação não se aplica aos candidatos com até 16 (dezesseis) anos de idade, desde que possuam a altura mínima de 1,57 m (um metro e cinquenta e sete centímetros) e exame especializado revele a possibilidade do crescimento, ou se do sexo feminino, ter, no mínimo, 1,55m (um metro e cinquenta e cinco centímetros) de altura, conforme o inciso XIII do art. 2º Lei nº 12.705, de 2012.
      11) se menor de 18 (dezoito) anos, estar autorizado(a) por seu responsável legal a submeter-se ao CA e, caso seja aprovado(a) e classificado(a) nas vagas estabelecidas, a ser matriculado(a) no CFS;
      12) não ser portador(a) de doença ou limitação incapacitante para o exercício do cargo, a ser verificado na IS e na Revisão Médica; conforme o inciso III do art. 2º da Lei nº 12.705, de 2012;
      13) possuir aptidão física que o(a) habilite ao ingresso na carreira de sargento do Exército Brasileiro (EB), a ser verificada em exame de aptidão física, conforme o inciso IV do art. 2º da Lei nº 12.705, de 2012;
      14) possuir idoneidade moral que o(a) habilite ao ingresso na carreira de sargento do EB e, ainda, não exercer ou não ter exercido atividades prejudiciais ou perigosas à segurança nacional, conforme o art. 11 da Lei nº 6.880, de 1980 (Estatuto dos Militares); a ser apurada por meio de averiguação da vida pregressa do(a) candidato(a);
      15) apresentar declaração de próprio punho quanto ao exercício ou não de outro cargo, emprego ou função pública e sobre recebimento de proventos decorrentes de aposentadoria e pensão, conforme o inciso XVI do art. 37 da CF 1988;
      16) não apresentar tatuagens que, nos termos de detalhamento constante de normas do Comando do Exército, faça alusão à ideologia terrorista ou extremista contrária às instituições democráticas; à violência; à criminalidade; à ideia ou ato libidinoso; à discriminação ou preconceito de raça, credo, sexo ou origem; ou, ainda, à ideia ou ato ofensivo às Forças Armadas, conforme o inciso VIII do art. 2º da Lei nº 12.705, de 2012.
      17) não estar na condição de réu (ré) em ação penal, conforme o inciso IX do art. 2º da Lei nº 12.705, de 2012;
      11
      18) não ter sido, nos últimos 5 (cinco) anos, na forma da legislação vigente:
      a) responsabilizado(a) por ato lesivo ao patrimônio público de qualquer esfera do governo em processo disciplinar administrativo, do qual não caiba mais recurso, contado o prazo a partir da data do cumprimento da sanção; ou
      b) condenado(a) em processo criminal transitado em julgado, contando o prazo a partir da data do cumprimento da pena, conforme o inciso X do art. 2º da Lei nº 12.705, de 2012.
      19) o(a)s candidato(a)s da área Saúde deverão ter concluído o curso de Técnico em Enfermagem até a data de sua apresentação na organização militar de corpo de tropa (OMCT), portando, nessa ocasião, cópia do certificado ou diploma de conclusão do curso, autenticada em cartório, expedida pelo estabelecimento de ensino civil responsável. O curso deverá ter seu registro reconhecido pelo Ministério da Educação e pelo Conselho Regional de Enfermagem (COREN), em conformidade com a legislação federal;
      20) o(a)s candidato(a)s da área Saúde deverão, também, apresentar registro no COREN;
      21) o(a)s candidato(a)s da área Música deverão comprovar serem possuidore(a)s de habilidade na execução de partituras com o instrumento musical correspondente a um dos naipes abrangidos pelas vagas estabelecidas em Portaria do Estado-Maior do Exército (EME), a ser verificada em exames específicos do concurso de admissão;

  108. Larissa Fernandes 01/08/2017 at 1:44 pm - Responder

    Boa tarde, Senhores
    No caso do curso de Tecnólogo em Processos Gerencias se encaixaria na vaga de administração???

    • Equipe IIC 01/08/2017 at 3:53 pm - Responder

      Prezada Futura Tenente LARISSA,

      Infelizmente não é possível!

      Veja o que diz o Edital a respeito da sua pergunta:

      II – ter concluído com aproveitamento, em instituição de ensino superior, o curso de
      graduação na área objeto do CA, que o capacite ao exercício profissional nas áreas para as quais foram
      estabelecidas vagas em portaria do Estado-Maior do Exército (EME), destinadas à matrícula no
      CFO/QC, e possuir registro no órgão fiscalizador da profissão a que concorre, quando existir. A
      participação dos tecnólogos, constante neste inciso, fica subordinada às decisões proferidas nos autos da
      ACP 0001413-95.2014.4.01.3200 – TRF/1. Estas situações deverão ser comprovadas, na etapa de
      verificação documental e comprovação dos requisitos para matrícula, pela apresentação dos seguintes
      documentos:

      a) diploma, na área objeto do concurso a que se refere a inscrição, de instituições
      credenciadas e cursos oficialmente reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC), na forma da
      legislação federal que regula a matéria, devidamente registrado. Admitir-se-á também, o diploma
      emitido e registrado com fundamento no art. 63 da Portaria Normativa nº 40-MEC, de 12 de dezembro
      2007; e

      b) registro profissional expedido pelo órgão fiscalizador da profissão, quando existir.

  109. Normando Filho 02/08/2017 at 3:25 pm - Responder

    Boa Tarde, estou concluindo o curso de Direito esse semestre e já fui aprovado no exame da OAB, posso realizar o exame tranquilo? Desde já agradeço.

    • Equipe IIC 02/08/2017 at 5:24 pm - Responder

      Prezado Futuro Tenente NORMANDO,
      De acordo com o previsto no Edital, no que se refere a formação profissional, você preenche os requisitos.
      VEJA:

      Seção I
      Dos Requisitos Exigidos

      Art. 4o O(A) candidato(a) à inscrição no CA ao CFO/QC, de ambos os sexos , satisfará aos requisitos listados neste artigo, comprovando-os por meio de cópias legíveis (frente e verso) autenticadas em cartório, na etapa de verificação documental preliminar, e por intermédio da apresentação dos respectivos documentos originais, na etapa final do CA, no momento da efetivação da matrícula, prevista no calendário anual.

      I – ser brasileiro nato, conforme o inciso I do art. 2º da Lei nº 12.705, de 2012;

      II – ter concluído com aproveitamento, em instituição de ensino superior, o curso de graduação na área objeto do CA, que o capacite ao exercício profissional nas áreas para as quais foram estabelecidas vagas em portaria do Estado-Maior do Exército (EME), destinadas à matrícula no CFO/QC, e possuir registro no órgão fiscalizador da profissão a que concorre, quando existir. A
      participação dos tecnólogos, constante neste inciso, fica subordinada às decisões proferidas nos autos da ACP 0001413-95.2014.4.01.3200 – TRF/1. Estas situações deverão ser comprovadas, na etapa de verificação documental e comprovação dos requisitos para matrícula, pela apresentação dos seguintes
      documentos:

      a) diploma, na área objeto do concurso a que se refere a inscrição, de instituições credenciadas e cursos oficialmente reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC), na forma da legislação federal que regula a matéria, devidamente registrado. Admitir-se-á também, o diploma emitido e registrado com fundamento no art. 63 da Portaria Normativa nº 40-MEC, de 12 de dezembro 2007; e

      b) registro profissional expedido pelo órgão fiscalizador da profissão, quando existir.

      III – possuir no máximo 36 (trinta e seis) anos, referenciados a 31 de dezembro do ano de sua matrícula, conforme a alínea “e” do inciso III do art. 3º da Lei nº 12.705, de 2012;

      IV – se militar da ativa de Força Armada ou de Força Auxiliar, estar classificado, nos termos do Regulamento Disciplinar do Exército, no mínimo, no comportamento “bom”, ou em classificação equivalente da Força específica, conforme o inciso XI do art. 2º da Lei nº 12.705, de 2012;

      V – se ex-integrante de qualquer uma das Forças Armadas ou de Força Auxiliar, não ter sido demitido ex officio por ser declarado indigno ou incompatível para o oficialato, excluído ou
      licenciado a bem da disciplina, exceto em casos de reabilitação, amparados pelo art. 134 do Código
      Penal Militar, Decreto-Lei nº 1001 de 21 de outubro de 1969;

      VI – não ter sido considerado isento do Serviço Militar, seja por licenciamento e exclusão de organização militar a bem da disciplina, seja por incapacidade física ou mental definitiva (“Incapaz C”), condição esta a comprovar pelo certificado militar recebido; para atender a este requisito,apresentará o Certificado de Reservista (CR), Certificado de Dispensa de Incorporação (CDI) ou Certificado de Alistamento Militar (CAM), dentro dos limites de sua validade;

      VII – não ter sido julgado, em inspeção de saúde, incapaz definitivamente para o serviço do Exército, da Marinha, da Aeronáutica, da Polícia Militar ou do Corpo de Bombeiros Militar;

      VIII – se ex-aluno (a) de estabelecimento de ensino de formação de oficiais ou de praças do Exército, da Marinha, da Aeronáutica, da Polícia Militar ou do Corpo de Bombeiros Militar, não ter sido desligado por motivo disciplinar, e estar classificado, no mínimo, no comportamento “bom”, por ocasião do seu desligamento;

      IX – estar em dia com suas obrigações perante o Serviço Militar e a Justiça Eleitoral, conforme o inciso VI do art. 2º da Lei nº 12.705, de 2012;
      X – ter pago a taxa de inscrição, caso não preencha os requisitos do Decreto nº 6.593, de 2 de outubro de 2008;

      XI – não estar na condição de réu em ação penal, conforme o inciso IX do art. 2º da Lei nº 12.705, de 2012;

      XII – não ter sido, nos últimos 5 (cinco) anos, na forma da legislação vigente:

      a) responsabilizado (a) por ato lesivo ao patrimônio público, de qualquer esfera de governo, em processo disciplinar administrativo, do qual não caiba mais recurso, contado o prazo a partir da data do cumprimento da sanção; ou

      b) condenado (a) em processo criminal transitado em julgado, contado o prazo a partir da data do cumprimento da pena, conforme o inciso X do art. 2º da Lei nº 12.705, de 2012.

      XIII – ter, no mínimo, 1,60m (um metro e sessenta centímetros) de altura, se do sexo masculino, ou 1,55m (um metro e cinquenta e cinco centímetros) de altura, se do sexo feminino, conforme o inciso I do art. 3º da Lei nº 12.705, de 2012;

      XIV – possuir idoneidade moral, a ser apurada por meio de averiguação da vida pregressa do(a) candidato(a), na forma expressa neste Edital, conforme o art. 11 da Lei no 6.880, de 1980 (Estatuto dos Militares);

      XV – se do sexo feminino, não se apresentar grávida ou com filho nascido há menos de 6 (seis) meses para a realização do exame de aptidão física, a ser aplicado após a inspeção de saúde, devido à incompatibilidade desse estado com os exercícios exigidos naquela etapa do CA, devendo requerer o adiamento dessa etapa, na forma do art. 103, § 2º, deste Edital.

      XVI – não estar no exercício remunerado de cargo ou emprego público federal, estadual ou municipal, conforme o inciso XVI do art. 37 da Constituição Federal 1988; e

      XVII – não apresentar tatuagens que façam alusão à ideologia terrorista ou extremista
      contrária às instituições democráticas, à violência, à criminalidade, à ideia ou ato libidinoso, à discriminação ou preconceito de raça, credo, sexo ou origem ou, ainda, à ideia ou ato ofensivo às Forças Armadas, conforme o inciso VIII do art. 2º da Lei nº 12.705, de 2012.

      § 1º Os bacharéis de Direito, aprovados no exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), que exercerem cargos ou funções incompatíveis com a advocacia, estando vedada sua inscrição na Ordem, deverão apresentar o certificado de aprovação no Exame da Ordem para Admissão no Quadro de Advogados, assinado pelo Presidente do Conselho Seccional, ou da Subseção delegada, e pelo presidente da banca examinadora da OAB.

      § 2º Para comprovação do requisito de não estar no exercício remunerado de cargo ou emprego público federal, estadual ou municipal, o(a) candidato(a) deverá apresentar uma declaração escrita e assinada de próprio punho, informando não exercer cargo ou emprego público federal, estadual
      ou municipal remunerado, na data da matrícula e cópia da folha de Diário Oficial ou de outro documento válido que comprove sua situação na data de matrícula no CFO.

      § 3º Admitir-se-á, também, o diploma emitido e registrado, com fundamento no art. 63 da Portaria Normativa MEC nº 40, de 12 de dezembro 2007.
      …………………

  110. Marcos 03/08/2017 at 9:10 pm - Responder

    Prezados, completo 36 anos em novembro de 2017.
    Porém não consegui concluir inscrição para CFO/QC.
    Apareceu a seguinte mensagem:
    “Inscrição não pode ser realizada para a Área/Subárea escolhida. Conforme consta no Edital deste Concurso, você deve possuir no máximo 36 anos referidos a 31/12/2018.”

    Nasci em 1981 e gostaria de realizar o concurso para vaga de Bibliotecário.

    Podem me ajudar?

    Desde já, grato.

    • Equipe IIC 11/08/2017 at 12:13 pm - Responder

      Prezado MARCOS,

      O Edital diz que você deve possuir no máximo 36 (trinta e seis) anos, referenciados a 31 de dezembro do ano de sua matrícula, que ocorre em marco do ano seguinte a realização do concurso, conforme a alínea “e” do inciso III do art. 3º da Lei nº 12.705, de 2012;
      Infelizmente no dia 31 Dezembro de 2018, quando os candidatos farão a matrícula na Escola você já terá feito 37 anos em novembro e por Lei os candidatos terão que estar no máximo com 36 anos, para poder cumprir o fluxo da carreira e possibilitar chegar ao posto máximo, salvo melhor juízo!!!
      Att,
      Equipe Cidade

  111. Michelly Lima 04/08/2017 at 12:06 am - Responder

    Olá,
    Ainda vou formar no final do ano em Administração.
    Poderei prestar o concurso, já que a matrícula será só em Março??

    • Equipe IIC 11/08/2017 at 12:05 pm - Responder

      Oi MICHELLY,
      Poderá prestar sim pois vc terá que apresentar os documentos originais dos documentos exigidos para a matrícula no CFO/QC entre os dias 3 a 7 MAR 19 (a confirmar) para análise da documentação.

      VEJA O QUE DIZ O EDITAL:

      VERIFICAÇÃO DOCUMENTAL PRELIMINAR

      Art. 112. O(A)s candidato(a)s aprovados no EI e classificado(a)s dentro do número de vagas fixado, por área de atividade profissional, bem como os incluídos na majoração (lista de reservas),
      remeterão à EsFCEx (Divisão de Concursos – Rua Território do Amapá, nº 455, Pituba, Salvador – BA, CEP 41.830-540), por intermédio dos Correios, via SEDEX, dentro do prazo estabelecido no Calendário
      Anual do CA, cópia legível (frente e verso) autenticada em cartório, dos documentos a seguir relacionados, para comprovar seu atendimento aos requisitos estabelecidos no art. 3o e exigidos para a
      matrícula:
      I – cédula de Identidade Civil ou Militar, Certidão de Nascimento ou de Casamento (se for o caso);
      II – diploma reconhecido pelo MEC, na área objeto do concurso a que se referir sua inscrição;
      III – carteira ou Registro Profissional dentro da respectiva área (conselho, ordem, etc)
      quando existir;
      IV – comprovante de inscrição no cadastro de pessoa física (CPF), por intermédio da apresentação de um dos seguintes documentos: Cartão do CPF, Carteira de Identidade, Carteira Nacional de Habilitação, Carteira de Trabalho, desde que conste neles, o número de inscrição no CPF, ou Comprovante de Inscrição no CPF impresso a partir da página da Receita Federal na Internet;
      V – título de eleitor, com a respectiva certidão da Justiça Eleitoral, confirmando que o(a)candidato(a) está em dia com as suas obrigações eleitorais;
      VI – se candidato civil do sexo masculino, comprovante de quitação com o Serviço Militar, (CAM, CDI, CR, Certidão de Situação Militar e/ou Carta Patente);
      VII – se militar da ativa de Força Armada ou de Força Auxiliar, cópia do documento que comprove estar classificado, nos termos do Regulamento Disciplinar do Exército, no mínimo, no
      comportamento “bom” ou equivalente da Força específica;
      VIII – se reservista, cópia das folhas de alterações ou declaração da última OM onde serviu que comprove que, ao ser licenciado, estava no mínimo no comportamento “bom”;
      IX – se ex-aluno de estabelecimento de ensino de formação de oficiais ou praças de Força Armada ou Força Auxiliar, declaração de que não foi excluído por motivos disciplinares e que estava
      classificado, no mínimo, no comportamento “bom”, por ocasião do seu desligamento;
      X – certidões negativas da Justiça Criminal do Tribunal Regional Federal, do Tribunal de Justiça do Estado, da Auditoria da Justiça Militar da União e da Auditoria da Justiça Militar Estadual; e
      XI – declaração escrita e assinada de próprio punho, informando que não ocupa cargo público federal, estadual ou municipal, na data da matrícula no CFO/QC.
      Art. 113. Toda a documentação exigida para verificação documental é de responsabilidade exclusiva do(a)s candidato(a)s, o(a)s quais deverão providenciar sua remessa à EsFCEx.

  112. Gleice Lucas 07/08/2017 at 11:16 am - Responder

    Bom dia,

    Quando acabar o curso de 8 meses, o aprovado ficará lotado em Salvador ou poderá pedir transferência?

    • Equipe IIC 11/08/2017 at 11:51 am - Responder

      Prezada GLEICE,
      Após a conclusão do curso em novembro, os futuros Tenentes serão classificados de acordo com a classificação na turma nas Unidades Militares espalhadas pelo Brasil onde foram oferecidas as vagas para cada especialidade.
      Att,
      Equipe Cidade

  113. Marcelo Luis 09/08/2017 at 6:17 pm - Responder

    Olá, Tenho uma dúvida que nunca me foi esclarecida em outros portais,

    Me formei ano passado em Ciências Contábeis, porém ainda não fiz o Exame de Suficiência para ter o CRC.
    Dê que forma isso pode me atrapalhar no processo seletivo das Forças Armadas?

    Abçs!!!

    • Equipe IIC 11/08/2017 at 11:40 am - Responder

      Prezado Futuro Tenente MARCELO LUIS,

      De acordo com o Edital o Candidato precisa possuir o registro profissional expedido pelo órgão fiscalizador da profissão, quando existir, que para os contadores é o Exame do CRC.

      Veja o que diz o Edital a respeito da sua pergunta:

      II – ter concluído com aproveitamento, em instituição de ensino superior, o curso de
      graduação na área objeto do CA, que o capacite ao exercício profissional nas áreas para as quais foram
      estabelecidas vagas em portaria do Estado-Maior do Exército (EME), destinadas à matrícula no
      CFO/QC, e possuir registro no órgão fiscalizador da profissão a que concorre, quando existir. A
      participação dos tecnólogos, constante neste inciso, fica subordinada às decisões proferidas nos autos da
      ACP 0001413-95.2014.4.01.3200 – TRF/1. Estas situações deverão ser comprovadas, na etapa de
      verificação documental e comprovação dos requisitos para matrícula, pela apresentação dos seguintes
      documentos:

      a) diploma, na área objeto do concurso a que se refere a inscrição, de instituições
      credenciadas e cursos oficialmente reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC), na forma da
      legislação federal que regula a matéria, devidamente registrado. Admitir-se-á também, o diploma
      emitido e registrado com fundamento no art. 63 da Portaria Normativa nº 40-MEC, de 12 de dezembro
      2007; e

      b) registro profissional expedido pelo órgão fiscalizador da profissão, quando existir.

  114. Dione Luz 16/08/2017 at 8:10 pm - Responder

    No final do ano de 2017 concluo a minha graduação em pedagogia , posso fazer o concurso sem estudar com o diploma ?

    • Equipe IIC 21/08/2017 at 8:00 pm - Responder

      Dione,
      A apresentação da documentação só ocorre no mês de Março como você vai se formar no final do ano de 2017, poderá fazer o concurso sim.
      Att,
      Equipe Cidade

    • Equipe IIC 30/08/2017 at 8:18 pm - Responder

      Pode sim, pois o diploma só será exigido em março do ano seguinte ao concurso.
      Att,
      Equipe Cidade

  115. Regis Couto 21/10/2017 at 6:31 pm - Responder

    Sou formado em Ciências Contábeis desde agosto de 2014, realizei a quase 2 anos a suspensão do meu registro no CRC para que eu não ficasse pagando a anuidade, já que não trabalho diretamente na área… Minha duvida é, tenho o registro, porém está suspenso temporariamente (até que eu solicite a reativação), na hora da comprovação da documentação, basta apenas ter o registro, ou o o registro terá que estar ativo naquele momento?

    • Equipe IIC 07/11/2017 at 8:59 pm - Responder

      Olá regis,

      Quando da comprovação será necessária uma certidão de regularidade a ser emitida no site do seu CRC de vinculação, portanto será necessária a reativação do registro nessa ocasião. Como você estará aprovado (Deus queira que isso ocorra) não será problema haja vista que é um procedimento simples e rápido…

      Att,

      Equipe Cidade
      Bons estudos!

  116. Alexandre Pinheiro O Reilly 01/11/2017 at 8:59 am - Responder

    Gostaria de saber se uma pessoa concursada da área do TRF ou concursados destes gêneros,podem fazer QCO em direito e trabalhar nos dois ”empregos” ou se deve se demitir da outra área concursada.ABÇ

    • Equipe IIC 07/11/2017 at 5:10 pm - Responder

      Infelizmente terá que optar por um ou pelo outro.
      Att,
      Equipe Cidade

  117. Diogo Silva 28/01/2018 at 8:41 pm - Responder

    Boa noite Senhores,
    No caso do curso de Tecnólogo em Gestão Pública se encaixaria na vaga de administração???

  118. Carlos Eduardo 11/02/2018 at 10:43 am - Responder

    Sou Tecnólogo em Processos Gerenciais, que é um curso superior da área de Administração, e possuo registro no Conselho Regional de Administração do meu Estado. Logo, estou legalmente apto a trabalhar na área. Da mesma forma se encontram os Tecnólogos em Gestão Financeira, Gestão Pública, Gestão de Recursos Humanos, Gestão Ambiental, Comércio Exterior… enfim, qualquer Tecnólogo cujo Conselho Regional de Administração admita registro em seus quadros. Lembrando que o Tecnólogo não pode fazer concurso para o cargo específico de “Administrador”; no entanto, caso o edital traga a nomenclatura “Área de Administração”, como é o caso da Escola de Formação Complementar do Exército, qualquer Tecnólogo inscrito no CRA tem direito à vaga! Com que base o Curso Cidade está defendendo a ideia de que o concurso só está aberto para os Tecnólogos da área de Informática?

  119. Michael Douglas 16/02/2018 at 4:17 pm - Responder

    Boa tarde .
    Eu tendo bacharel em enfermagem posso fazer o concurso?

  120. Douglas Marques 21/02/2018 at 11:29 am - Responder

    Sou formado em Engenharia Mecatrônica e Engrenharia da Computação, Gostaria de saber se alguma dessas duas faculdades se encaixam na área da informática do QCO

    • Curso Cidade 07/03/2018 at 9:56 pm - Responder

      Infelizmente não.

  121. Leonardo 22/02/2018 at 2:37 pm - Responder

    Olá, gostaria de saber quando no edital se refere ao assunto da Constituição Federal, é toda CF para estudar ?

    • Curso Cidade 07/03/2018 at 9:54 pm - Responder

      O Ideal é olhar as provas anteriores e verificar a forma que vem sendo cobrado na prova.

  122. marco 27/02/2018 at 9:20 pm - Responder

    Sou formado em administração publica, eu posso concorrer a vaga de administração?

    • Curso Cidade 07/03/2018 at 9:49 pm - Responder

      CAPÍTULO II – DA INSCRIÇÃO – Seção I

      Dos Requisitos Exigidos
      Art. 4o O(A) candidato(a) à inscrição no CA ao CFO/QC, de ambos os sexos , satisfará
      aos requisitos listados neste artigo, comprovando-os por meio de cópias legíveis (frente e verso)
      autenticadas em cartório, na etapa de verificação documental preliminar, e por intermédio da
      apresentação dos respectivos documentos originais, na etapa final do CA, no momento da efetivação da
      matrícula, prevista no calendário anual.
      I – ser brasileiro nato, conforme o inciso I do art. 2º da Lei nº 12.705, de 2012;
      II – ter concluído com aproveitamento, em instituição de ensino superior, o curso de
      graduação na área objeto do CA, que o capacite ao exercício profissional nas áreas para as quais foram
      estabelecidas vagas em portaria do Estado-Maior do Exército (EME), destinadas à matrícula no
      CFO/QC, e possuir registro no órgão fiscalizador da profissão a que concorre, quando existir. A
      participação dos tecnólogos, constante neste inciso, fica subordinada às decisões proferidas nos autos da
      ACP 0001413-95.2014.4.01.3200 – TRF/1. Estas situações deverão ser comprovadas, na etapa de
      verificação documental e comprovação dos requisitos para matrícula, pela apresentação dos seguintes
      documentos:
      a) diploma, na área objeto do concurso a que se refere a inscrição, de instituições
      credenciadas e cursos oficialmente reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC), na forma da
      legislação federal que regula a matéria, devidamente registrado. Admitir-se-á também, o diploma
      emitido e registrado com fundamento no art. 63 da Portaria Normativa nº 40-MEC, de 12 de dezembro
      2007;

  123. Valquiria 01/03/2018 at 1:01 pm - Responder

    Olá, eu gostaria de saber sobre as exigências dos exames de saúde. Eu não consegui achar nos editais. Queria saber principalmente sobre o exame odontologico! Visto que estão ocorrendo reprovações por dentes tortos e coisas assim nos concursos de carreiras militares.

    • Curso Cidade 07/03/2018 at 9:43 pm - Responder

      CAPÍTULO V
      DA INSPEÇÃO DE SAÚDE
      Seção I
      Da Convocação para a Inspeção de Saúde (IS)
      Art. 91. O(A)s candidato(a)s relacionados como aprovados no EI e classificados dentro
      do número de vagas fixadas pelo EME, bem como os aprovados e relacionados na majoração submeterse-
      ão à IS .
      Art. 92. O(A)s candidato(a)s convocados submeter-se-ão à IS em locais designados pelas
      Gu Exm, obedecendo rigorosamente ao prazo estipulado no Calendário Anual do CA.
      Seção II
      Da Legislação sobre IS
      Art. 93. A IS, de caráter eliminatório, será realizada pelas Juntas de Inspeção de Saúde
      Especial (JISE), constituídas em cada Gu Exm, conforme determinam as Instruções Gerais para as
      Perícias Médicas no Exército (IGPMEX – IG 30-11), aprovadas pela Portaria do Comandante do
      Exército no 566, de 2009, as Instruções Reguladoras das Perícias Médicas no Exército (IRPMEX – IR
      30-33), aprovadas pela Portaria no 215-DGP, de 2009, Normas Técnicas sobre Perícias Médicas no
      Exército – NTPMEX, aprovadas pela Portaria nº 247-DGP, de 2009 e alteradas pela Portaria nº 133-
      DGP, de 2010, e Portaria nº 102-DGP, de 2015 e Normas para Inspeção de Saúde dos Candidatos à
      Matrícula nos Estabelecimentos de Ensino Subordinados ao DECEx e nas OM que recebem Orientação
      Técnico-Pedagógica, aprovadas pela Portaria nº 014-DECEx, de 2010, alteradas pela Portaria nº 025-
      DECEx, de 2010.
      Art. 94. As causas de incapacidade física são as previstas pelas Normas para Avaliação da
      Incapacidade decorrente de Doenças Especificadas em Lei pelas Juntas de Inspeção de Saúde da
      Marinha, do Exército, da Aeronáutica e do Hospital das Forças Armadas (Portaria do Ministro da Defesa
      no 1.174, de 2006) e pelas Normas para Inspeção de Saúde dos Candidatos à Matrícula nos
      Estabelecimentos de Ensino Subordinados ao DECEx e nas Organizações Militares que recebem
      Orientação Técnico-Pedagógica, aprovadas pela Portaria no 014-DECEx, de 2010, alteradas pela
      Portaria nº 025-DECEx, de 2010. As causas de incapacidade encontram-se disponíveis para consulta no
      endereço eletrônico da EsFCEx (http://www.esfcex.eb.mil.br).

  124. Lucas 14/03/2018 at 4:55 pm - Responder

    Olá, Boa tarde!

    Sou formado no curso superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas.

    Posso concorrer a uma vaga para área de Informática?

    • Curso Cidade 16/03/2018 at 7:58 pm - Responder

      Prezado LUCAS,
      O edital que diz o seguinte:
      A participação dos tecnólogos, constante neste inciso, fica subordinada às decisões proferidas nos autos da ACP 0001413-95.2014.4.01.3200 – TRF/1. Estas situações deverão ser comprovadas, na etapa de verificação documental e comprovação dos requisitos para matrícula, pela apresentação dos seguintes documentos:

      a) diploma, na área objeto do concurso a que se refere a inscrição, de instituições
      credenciadas e cursos oficialmente reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC), na forma da
      legislação federal que regula a matéria, devidamente registrado. Admitir-se-á também, o diploma
      emitido e registrado com fundamento no art. 63 da Portaria Normativa nº 40-MEC, de 12 de dezembro
      2007; e

      b) registro profissional expedido pelo órgão fiscalizador da profissão, quando existir.

  125. Adrieli Ribeiro 20/04/2018 at 12:50 am - Responder

    Olá, boa noite!
    Eu faço bacharel em Direito, e meu objetivo após formada é fazer o concurso público da Marinha do Brasil. Porém, estou um pouco perdida com relação a especialização adequada na minha área para a atuação na mesma.
    Alguém poderia me dá alguma dica de pós graduação que seja adequada para atuação na área militar?

  126. Alexandre 21/04/2018 at 11:09 am - Responder

    Olá, bom dia.
    Me interessei pelo concurso, mas tenho dúvida.

    O que acontece em caso de guerra?
    O QCO é convocado para o combate da mesma forma que os combatentes?
    Como é feita a convocação?

    • Laura Maciel 11/10/2018 at 1:22 pm - Responder

      Olá,

      Em caso de Guerra há uma ordem de convocação, na qual o QCO não é prioridade. Não se preocupe com isso agora. Comece já seus estudos!
      Acesse http://www.cursocidade.com.br e faça sua matrícula.
      Agradecemos o contato.
      Curso Cidade.

  127. Jorge Ribeiro 01/05/2018 at 3:16 pm - Responder

    Boa tarde. Gostaria de saber se há algum concurso do Exército que requisite Engenheiro Mecânico ?

    • Laura Maciel 11/10/2018 at 1:19 pm - Responder

      Olá,

      Sim, há o IME – Instituto Militar de Engenharia. Para maiores informações sugerimos buscar o site da instituição.
      Agradecemos o contato.
      Curso Cidade.

  128. NATALHA FERNANDES 10/06/2018 at 6:32 pm - Responder

    onde fica a realização da prova esfcex? pois sei que o curso é em salvador, mas posso fazer a prova aqui?

  129. HEVERTON 28/06/2018 at 3:31 pm - Responder

    SOU FORMADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA – TEM VAGA NESSA ÁREA?

    • Curso Cidade 10/07/2018 at 9:50 pm - Responder

      Infelizmente não.

  130. mauricio 06/07/2018 at 1:26 pm - Responder

    Depois de formado no curso vc pode fazer curso de operaçoes especiais?

    • Curso Cidade 10/07/2018 at 9:37 pm - Responder

      O Quadro Complementar de Oficiais segue demonstrando sua
      importância na Força, na medida em que oferece, pelos diferentes níveis
      e especialidades de seus integrantes, o profissionalismo e a elevada
      capacidade de assessoramento em diversas áreas do conhecimento. Essas
      áreas são de grande relevância para a manutenção e desenvolvimento de
      um Exército que acompanha as constantes transformações da sociedade
      Onde houver organizações militares de saúde, estabelecimentos
      de ensino, unidades de tropa ou importantes órgãos de decisão e
      planejamento, ali haverá um QCO, prestando valioso assessoramento na
      sua especialidade e contribuindo, assim, para a credibilidade do Exército,
      seja em tempos de paz ou de guerra.

  131. alexandy 07/07/2018 at 12:43 pm - Responder

    Ola, poderia tirar uma duvida minha por favor, meu nome é Alexandry e tenho ensino superior, sou formado em licenciatura plena em historia, gostaria de saber se posso fazer o concurso do Edital do Concurso de Admissão 2018, para Matrícula no Curso de Formação de Oficiais do Quadro Complementar em 2019, tenho duvida com relação a vaga para magistério em historia, eu tenho licenciatura, sera que eu posso fazer ??? não achei uma especificação no edital dizendo que teria de ser magistério.

    • Curso Cidade 10/07/2018 at 9:34 pm - Responder

      O Candidato deverá apresentar diploma, reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC), na área objeto do Concurso de Admissão a que se refere a inscrição, emitido por instituições credenciadas e cursos oficialmente reconhecidos pelo MEC, na forma da legislação federal que regula a matéria, devidamente registrado, admitindo-se, também, o diploma emitido e registrado com fundamento no Art. 63 da Portaria Normativa nº 40-MEC, de 12 de dezembro de 2007. A participação dos tecnólogos fica subordinada às decisões proferidas nos autos da ACP 0001413-95.2014.4.01.3200 – TRF/1;
      IX – apresentar carteira ou registro profissional emitidas pelos órgãos, criados por lei federal, dentro da respectiva área (conselho, ordem, etc) quando existir;

  132. Marcos Sebastião 12/07/2018 at 9:24 am - Responder

    Bom dia,
    Gostaria de saber se a especialidade de contabilidade, foi excluída do concurso.? ou apenas não haverá vagas para o ano 2018/2019.

    • Curso Cidade 16/07/2018 at 9:28 pm - Responder

      Algumas operadoras de e-mail não enviam o e-mail para a confirmação da inscrição no ead.
      Por isso temos que realizar a matrícula manualmente pelo sistema.
      Att,
      Equipe Cidade

  133. Jean Alesy 15/07/2018 at 6:56 pm - Responder

    Boa noite,

    Poderiam me tirar uma dúvida.

    Em Goiás tem atuação do QCO – Quadro Complementar de Oficiais em alguma dependência de comando do exercito ou seja tem militares com essa formação em atuação por lá ?

    • Curso Cidade 16/07/2018 at 9:17 pm - Responder

      Caro Jean,
      Onde tem Unidade Militar com certeza terá militares do QCO servindo.
      Att,
      Equipe Cidade

  134. Roberto Corrêa 19/07/2018 at 3:36 am - Responder

    Olá, sou bacharel em Engenharia de Software e gostaria de saber se posso concorrer a vaga para informática com o meu curso. Aguardo resposta. Agradeço desde já!

    • Laura Maciel 10/10/2018 at 9:42 pm - Responder

      Olá,
      Em atenção ao seu e-mail vimos responder que, conforme entendimento do último edital este regula, na seção III – Dos Requisitos e dos Documentos Exigidos para a Matrícula, Art. 104, inciso VIII “… na área objeto do Concurso de Admissão…” que será admitido o curso referente à área objeto do Concurso. Portanto, não cabe o curso de Engenharia de Software para a área de Informática, por mais correlatas que sejam.

      Agradecemos o contato.

      Curso Cidade.

  135. Alex 26/07/2018 at 4:21 pm - Responder

    Gostaria de saber se a atividade exercida pelo Oficial (QCO) Bacharel em Direito , é válida como atividade jurídica para comprovação em futura aprovação nos concursos da Magistratura ou Ministério Público? Fico no aguardo!

    • Laura Maciel 10/10/2018 at 8:38 pm - Responder

      Olá,

      A comprovação da atividade jurídica será admitida pela banca examinadora de cada um dos concursos. Logo, você deverá verificar junto ao edital dos referidos concursos se caberá ou não a aceitação de tal atividade no rol.
      Agradecemos o contato.
      Curso Cidade.

  136. Matheus Honório 31/07/2018 at 1:21 pm - Responder

    Durante o curso, quantos campos são feitos pelo ALU? a OM é obrigatoriamente na Bahia? Qual o periodo de internato?
    Após graduado como Asp Oficial, quais armas um graduado em direito pode escolher? Sou SD de COM no 38 BI – ES, mas gostaria de voltar pra Infantaria após o curso.

    • Laura Maciel 10/10/2018 at 8:41 pm - Responder

      Olá,
      Tais informações poderão ser obtidas junto à própria instituição, seu site ou edital.
      Agradecemos o contato.
      Curso Cidade.

  137. welveson santos 07/08/2018 at 4:50 pm - Responder

    necessito saber se geralmente as provas para este referido concurso são pela manha ou pela tarde, haja vista que já havia inscrito-me em outro concuso cuja data foi adiada para o mesmo dia deste concurso para o CFO.

    • Curso Cidade 14/08/2018 at 5:23 pm - Responder

      O EXAME INTELECTUAL (Provas de Conhecimentos Gerais, Português, História e Geografia e de Conhecimentos Específicos):
      – entrada dos candidatos nos locais de prova até 0800h (fechamento dos portões), conforme a hora oficial de BRASÍLIA;
      – horário de realização das provas de 0900h às 1300h.
      FONTE: Edital 2018

  138. welveson santos 07/08/2018 at 4:56 pm - Responder

    qual o horário da realização da prova?
    ou
    em quais horários geralmente elas são realizadas?

    • Curso Cidade 14/08/2018 at 5:23 pm - Responder

      WELVESON,
      O EXAME INTELECTUAL (Provas de Conhecimentos Gerais, Português, História e Geografia e de Conhecimentos Específicos):
      – entrada dos candidatos nos locais de prova até 0800h (fechamento dos portões), conforme a hora oficial de BRASÍLIA;
      – horário de realização das provas de 0900h às 1300h.
      FONTE: Edital 2018

  139. Diego 14/09/2018 at 11:03 am - Responder

    Olá, a prova é composta por Redação? verifiquei que é disponibilizado a vídeo aula de Redação.

    • Curso Cidade 01/10/2018 at 11:52 am - Responder

      Prova de Conhecimentos Gerais (CG), Português, História e Geografia, com peso 1 (um), e
      2ª parte, que corresponde à prova de Conhecimentos Específicos (CE), com peso 3 (três).

Deixar uma pergunta / comentário