Depoimento de Rafaela Barbirato Ferreira – 1º Lugar na EsFCEx – Informática

Depoimento de Rafaela Barbirato Ferreira

– 1ª Colocada no concurso EsFCEx – Informática

Meu futuros companheiro de farda,

É com muita alegria que compartilho hoje um pouquinho da minha trajetória!

Bom, cresci vendo fardas pela casa, indo em formaturas militares e esse mundo sempre me fascinou! Eu tinha 11 anos quando meu pai comandou um Tiro de Guerra, eu o ajudava com algumas coisas e daí eu me sentia A sub-chefe do TG, achando que estava no comando daquilo também hahaha!


Quando estudei no Colégio Militar de Curitiba é que eu pude realmente sentir que era a carreira militar que eu queria seguir! Durante o dia a dia e nas formaturas era muito nítida a minha vibração em vestir a farda, em cantar a canção do colégio, em prestar continência aos superiores e até mesmo ficar “imóvel” por um tempão nas formaturas haha. Então o meu plano foi que assim que eu saísse da faculdade eu iria prestar concurso para a carreira militar.

Desde pequena falava em ser dentista e quando cheguei no meu terceirão eu perdi completamente o encanto em ter que cuidar dos dentes das pessoas hahaha.

Sempre gostei muito da área médica, sempre achei muito bonito, mas a verdade é que as exatas é que me deixavam mais empolgada … e sem querer descobri um curso novo: informática biomédica.

Esse curso existe hoje no Brasil na USP de Ribeirão Preto e na UFPR, aqui em Curitiba – onde estudei!

Me formei no final de 2016 e nem tinha defendido o trabalho de conclusão de curso ainda mas já estava matriculada no Curso Cidade, porque eu realmente queria seguir os passos do meu pai e ser militar também!

Como tinha um dinheirinho guardado, conversei com meu pai e optei por não trabalhar durante o ano, o que já me dava horas e horas de tranquilidade pra estudar né?!

Pela manhã eu ia pra academia, para dar uma aliviada no stress, porque passar o dia sentada lendo e lendo era pesado demais, ainda mais que, como eu não estudei com ninguém,  o sentimento de solidão bateu inúmeras vezes! Então na academia era o lugar onde eu via e falava com pessoas.

Sobre disciplina … eu sempre fui muito rígida com meus horários de estudos. Então eu começava a estudar por volta de 13h, e no começo, eu dormia no máximo 00h. Mas, como sempre gostei de estudar pela madrugada, nos últimos meses acabei mudando essa rotina. Então estudava até umas 2h30 da madrugada e acordava umas 9h30 – mas acho que isso é uma coisa muito pessoal, depende muito da hora que você se concentra melhor. Isso me deu mais ou menos umas 9h de estudos por dia, sem considerar o tempo das aulas do cursinho.

Obviamente que houve dias que eu estava mais pra baixo, cansada, preocupada com as vagas, então procurava estudar algo que eu gostava, uma área da minha específica por exemplo, por poucas horas que fossem, mas eu não deixava de estudar nenhum dia – finais de semana e feriados eram dias normais de estudo pra mim.

Então eu estudava da seguinte maneira …. Na segunda de noite eu tinha aula de geografia, por exemplo. Aí na aula eu fazia anotações num rascunho e no dia seguinte eu passava esse rascunho a limpo fazendo um resumo, adicionando coisas que eu lia na internet e nos livros. Eu seguia assim, resumindo no dia seguinte a matéria do dia anterior. Esse resumo eu fazia com bastante carinho porque antes de cada aula eu pegava meu caderno da respectiva matéria e dava uma lida nele, pra ir relembrando e memorizando o que eu já havia estudado!

Sem contar os simulados semanais e simulados onlines que haviam das disciplinas gerais que foram de suma importância para praticarmos o que tínhamos visto na aula anterior!

Nos últimos 3 meses – mais ou menos -, eu mudei a minha estratégia. Dei uma reduzida nesses resumos que eu estava fazendo, comecei a pegar as provas dos anos anteriores e passei a dormir no sofá-cama do outro quarto da minha casa hahaha. Isso porque eu espalhei meus resumos de informática na minha cama e aí todos os dias antes de dormir eu pegava um plástico desses da foto e ia pro meu segundo canto ficar revisando.

E foi isso! Orei muito, mantive minha fé acesa e graças a Deus tive o mais lindo e poderoso apoio dos meus pais – devo T U D O à eles!

O mais importante é não perder o foco, não esmorecer porque desistir não é uma opção!

Nada é impossível!

Basta crer e lutar dia após dia!

Acima de qualquer obstáculo deve estar sua vontade de vencer e pra isso é preciso manter-se motivado. Por isso, tenha objetivos, são eles que te mantém focado no que você deseja.

Espero ter te ajudado e coloco-me à disposição para o que for necessário!

Desde já desejo boa sorte nos estudos a todos!

Deus os abençoe!!!

Depoimento de Rafaela Barbirato Ferreira

– 1ª Colocada no concurso EsFCEx – Informática

2017-12-18T12:16:19+00:00

Deixar uma pergunta / comentário